Google+ Badge

Cemitério dos livros lidos...

Cemitério dos livros lidos...

Introdução ao Blogue

Porque muita gente associa "cemitério" a algo triste, quero desde já tirar essa ideia em relação a este blog ;) A ideia deste blog é simplesmente arrumar num cantinho especial e cuidado todos os livros que leio, afinal não é isso que fazemos com as pessoas das quais temos que dizer adeus? E por achar que todos eles são especiais e não nos aparecem na vida por acaso... já alguma vez ouviram um livro chamar-vos para a leitura? ;) Não? Então estejam atentos e vão ver como não o escolhem ou apareceu nas vossas mãos por acaso...;)

E sendo a vida no fundo um livro em branco, escrito por nós todos os dias, lembrei-me de "porque não ter um espaço de conversas entre livros sem ser sobre livros", onde possamos falar da actualidade, pensamentos, filhos, dúvidas, receios e partilhas? Ainda mais tendo em conta que sou uma portuguesa de gema, a viver em Buenos Aires... com uma filha pequena, que entende os pais em português, mas se expressa em "portenho"!!! :S lol

E já agora, porque não falarmos e deixarmos entrar um pouco também a minha profissão?... Nutricionista!;) São novas ideias para o ano de 2015 e penso sempre, se é para sonhar que seja em grande! ;)

E quem queira deixar um ou vários livros aqui basta seguir o que está escrito um pouco mais abaixo, do lado esquerdo! ;)

Espero que regressem várias vezes a esta divisão da net! ;)
Boas leituras! :)

Regras do Cemitério...

Eu respondo sempre aos vossos comentários, por isso se não tiver comentário de resposta... é porque ainda não li!;)

Toca a enviar livros ou então entrar apenas para conversar!!;) Vamos fazer deste cemitério um espaço cheio de vida!!;)

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Livro Nº 57: Agradece o Beijo - Ana Zanatti

Sinopse...


"Agora que tudo acabou, fecho os olhos e vejo os meus mortos no seu voo tranquilo sobre a cabeça dos prédios da cidade. Invade-me um cheiro a flores e a terra molhada. Olho à minha volta e pergunto-me que memórias despertará este cheiro em cada um dos presentes... Que imagens estarão a desfilar dentro das suas cabeças? Na minha, espreita de novo a criança que trago cá dentro, frágil, insegura, sonhadora, voando direita à Ilha dos Morangos para trazer à mãe as folhas da Árvore dos Sorrisos."


Frases retiradas do livro...

"(...) já não sou quem fui, nem sou ainda quem será."

"Em cada desconhecido pode estar um amigo. Basta termos oportunidade de o conhecer."


A minha opinião...


Foi uma boa revelação... no sentido em que sempre vi a Ana Zanatti actriz! :P Não sabia o que esperar deste livro, e ainda mais não tendo o livro grande sinopse, ou seja não levantava véu nenhum sobre o que poderia encontrar durante a leitura do mesmo! :) E decidi que vou manter assim, para o caso de alguém se vir a cruzar com este livro numa livraria! ;) Apenas digo que gostei, que está escrito de uma maneira interessante!! :) 
Recomendo a sua leitura! ;)


Será que já alguém se cruzou com este livro? ;) 


Este livro foi mais uma boa prenda que recebi! :) Mais um "pagamento" nutricional em forma de letras!! ;) Obrigada!!! :) 


Boas Leituras! :)

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Não é tudo só ficção...

Aprendemos a gostar de pessoais reais, que mais parecem que não são reais, por só as conhecermos na televisão. Aprendemos a admirar quem está longe e nem se quer participa da nossa vida real de forma presente. Aprendemos a criar imagens de personalidades, a criar pessoas à nossa maneira, simplesmente pelas suas obras, pelos seus dons, e pelo que a tv e as noticias nos mostram... nos deixam ver, ou nos querem fazer ver... é tão fácil criticar, imaginar, inventar, opinar...é tão fácil achar que a vida do outro é sempre melhor ou mais fácil que a nossa... que é quase tão fácil imaginar que tudo isto é uma grande mentira... que a tristeza que sinto não é real, que o que carrego hoje no coração só pode ser mentira, pois afinal nem família és, mas sim "simples" ficção. Se é apenas uma paixão que cresce pela ficção, se não é família, como posso sentir hoje que perdi um familiar? Como posso sentir que o mundo está mais pobre e mais triste... Como posso recordar todos os ensinamentos, lições de vida que me foram passados pelo mundo do espectáculo, hoje particularmente pelos teus filmes, pela tua arte maravilhosa de representar.. se no fim nada é real, é pura ficção?... Ou será que não?... Haverá realidade na ficção? Poderás tu ter sido tão feliz a representar, teres-nos ensinado o verdadeiro significado de um sorriso que nos leva às lágrimas... poderá o riso e a alegria terem sido a tua máscara para encarar as dificuldades da tua vida até ao limite? :( Poderá ter sido o teu dom de representar vários tipos de filme tão bem, ter sido a tua forma de suportar a vida? Poderá quem nos faz rir ate às lágrimas, afundar-se na sua própria tristeza? :( Poderá quem nos fez ver e pensar no lado bom e humano da vida, quem nos ensinou que devemos ser fieis às nossas paixões e lutar por elas, fechar as cortinas da vida assim... vendo no adeus a única solução, a única porta aberta? :( Tenho pena que nós, teus fãs, não tenhamos conseguido mostrar-te a força da tua força, a força que as tuas personagens nos deram, todas elas, desde a mais engraçada à mais séria... tenho pena que a vida te tenha fechado as cortinas assim... :( Depressa demais... resta-nos agora bater as palmas e agradecer a tua obra! Ver e rever vezes sem conta, pois de uma coisa tenho a certeza, podes ter fechado as cortinas da vida real, mas da ficção não... na ficção serás imortal e para sempre relembrado! Por isso não acredito que a ficção exista na realidade, e muito menos a realidade na ficção, mas que em alguns casos como o teu, onde a ficção e a realidades tantas vezes se misturam e nos transmitem essa mesma mistura... andem sempre juntas na mesma direcção! São estrelas raras que aparecem, deixam a sua mensagem e partem não deixando nada igual... 

Talvez por isso hoje, "goste" de imaginar que entrei dentro da ficção, dentro do meu filme favorito de todos os tempos, e fazer parte daquela turma que via o seu grande professor ir embora tão injustamente... a sentir-se impotente perante tamanha injustiça e encontrar uma forma mágica de agradecimento, por todos os ensinamentos dados... e subir a uma mesa e dizer: "Oh Captain, my Captain! :)...  Porque no fundo é exactamente isso que sinto perante a injustiça da vida! Mas tal como no filme, vou recordar o teu sorriso e a tua mensagem de que vais bem! :) Vendo bem... a ficção até pode entrar na realidade e vice versa! ...

R.I.P Grande Robin Williams!

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Fins de semana literários...

...não tanto pela leitura, mas diria sim pelas compras... No fim da outra semana, de passeio à Feira de San Telmo (para quem um dia quiser visitar Buenos Aires, deixo a nota que é impossível vir a Buenos Aires e não visitar esta feira!!;) uma feira de artesanato, de roupa, de tesouros recuperados de outros tempos enfim.... uma feira imperdível e gigante como é tudo em Buenos Aires! ;) ) e dei de caras com isto...
Claro que impossível não o trazer! ;) Uma vez que era um desejo já de algum tempo e até  partilhado aqui no blog! ;) Um livro de poemas do Pablo Neruda! :)

Este último fim de semana, foi a vez de fazer um pedido a Portugal!! :) Fnac! Que continua a ser a livraria que mais me faz perder a cabeça em compras literárias... mesmo a tantos km de distância!! :) Promoção de livros de bolso com oferta de uma mala térmica com o padrão de várias capas de livros! :)
E assim cresce de forma inesgotável a minha montanha literária!! :D ahaha Mesmo tendo tantos livros em lista de espera, já na minha posse e prontos para serem lidos, não consigo evitar comprar livros "no caminho" das minhas leituras... é a paixão que hei-de eu fazer? :P É mais forte!! :P Duvido que vá existir algum dia na vida, em que diga "não tenho nada para ler! :( " Já aconteceu no passado longínquo, mas agora duvido que volte a acontecer!! ;)

Embora tenham sido fins de semanas de compras literárias, a leitura também foi alimentada, e seguimos cada vez mais para o final do livro do momento...Em breve falaremos... Vou ler um bocadinho, com o desejo de o terminar agora, mas vamos ver...

Desse lado temos lido ou nem por isso? :)
Boas leituras! :)

terça-feira, 5 de agosto de 2014

O inicio de uma paixão!

Não de uma paixão a dois, de uma paixão humana, mas sim de uma paixão material... descrição esta que já me faz sentir injusta perante tamanha importância deste "bem material" na minha vida! :( Uma vez que é de facto um bem material, nunca igual, de várias capas e várias linhas de frases e várias palavras combinadas, que nos permitem viajar sem sair nunca do lugar, meter apenas a mente a funcionar! ;) 
Tudo tem que ter um inicio, por vezes temos essa noção e por vezes não! Simplesmente a paixão vai crescendo silenciosamente, sem se manifestar, sem nos apercebermos de verdade, até que chega a um ponto em quem se torna parte de nós, e muitas vezes até uma característica nossa... No momento real não tive a noção que era o inicio de uma grande paixão, mas agora olhando para trás vejo que todas as cartas e magia estavam lá! ;) 


Petzi!!! :) Foi este o inicio de tudo, foi este o ursinho que me fez ser hoje uma apaixonada pelos livros!! Recordo-me ainda hoje, com a sensação bem presente, da alegria de ir ao supermercado (num espaço real que hoje já não existe sem ser em forma de parque de estacionamento / paragens de autocarro! :P lol) com os meus pais fazer as compras mensais e saber que aquele era o dia em que podia escolher um para trazer para casa!! :) Tendo ficado com a colecção completa no final! :) Ritual preferido? Ir para a cama com todos os livros, montanha essa que de mês para mês ficava maior :P, e ler todos de seguida... sim umas mil vezes lidos, no total, pelo menos!! :P E dormia feliz!:) Sentia-me amiga de todas estas personagens, como se vivesse todas as aventuras com elas, vezes sem conta!!:) 
Uma colecção que passou depois para o meu irmão, embora não tendo o mesmo efeito que em mim, e neste momento deve estar guardada algures na garagem dos meus pais, juntamente com as minhas recordações de infância! :) Gostava de um dia passar esta colecção para a minha filha, acredito que ia gostar de conhecer estes personagens! :) Nem que ao inicio tivesse de ser eu a ler para ela... eu comecei a paixão na altura em que começamos a saber ler sozinhos e sem ajuda, por isso desconfio que deveria ter uns 8 / 9 anos quando esta aventura começou! :) Às vezes já sinto alguma dificuldade em localizar-me no tempo certo, mesmo estando a falar da minha vida, porque a idade não perdoa!! :P lol 
E foi assim que tudo começou, e por sorte é uma paixão que continua a fazer-me companhia! :)
E desse lado, por acaso alguém partilha este inicio de paixão? :) Ou alguém quer contar como começou? Qual foi o livro que despertou para o prazer da leitura? ;)

Boas leituras! :)