Google+ Badge

Cemitério dos livros lidos...

Cemitério dos livros lidos...

Introdução ao Blogue

Porque muita gente associa "cemitério" a algo triste, quero desde já tirar essa ideia em relação a este blog ;) A ideia deste blog é simplesmente arrumar num cantinho especial e cuidado todos os livros que leio, afinal não é isso que fazemos com as pessoas das quais temos que dizer adeus? E por achar que todos eles são especiais e não nos aparecem na vida por acaso... já alguma vez ouviram um livro chamar-vos para a leitura? ;) Não? Então estejam atentos e vão ver como não o escolhem ou apareceu nas vossas mãos por acaso...;)

E sendo a vida no fundo um livro em branco, escrito por nós todos os dias, lembrei-me de "porque não ter um espaço de conversas entre livros sem ser sobre livros", onde possamos falar da actualidade, pensamentos, filhos, dúvidas, receios e partilhas? Ainda mais tendo em conta que sou uma portuguesa de gema, a viver em Buenos Aires... com uma filha pequena, que entende os pais em português, mas se expressa em "portenho"!!! :S lol

E já agora, porque não falarmos e deixarmos entrar um pouco também a minha profissão?... Nutricionista!;) São novas ideias para o ano de 2015 e penso sempre, se é para sonhar que seja em grande! ;)

E quem queira deixar um ou vários livros aqui basta seguir o que está escrito um pouco mais abaixo, do lado esquerdo! ;)

Espero que regressem várias vezes a esta divisão da net! ;)
Boas leituras! :)

Regras do Cemitério...

Eu respondo sempre aos vossos comentários, por isso se não tiver comentário de resposta... é porque ainda não li!;)

Toca a enviar livros ou então entrar apenas para conversar!!;) Vamos fazer deste cemitério um espaço cheio de vida!!;)

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Livro Nº68: A Peregrinação do Rapaz sem Cor - Haruki Murakami


21 de Maio 2015 - 25 de Junho de 2015
Sinopse...

"Nos seus dias de adolescente, Tsukuru Tazaki gostava de ir sentar-se nas estações a ver passar os comboios. Agora, com 36 anos feitos, é engenheiro de profissão e projeta estações, mas nunca perdeu o hábito de ver chegar e partir os comboios. Lá está ele na estação central de Shinjuku, ao que dizem «a mais movimentada do mundo», incapaz de despregar os olhos daquele mar selvagem e turbulento «que nenhum profeta, por mais poderoso, seria capaz de dividir em dois». Leva uma existência pacífica, que talvez peque por ser demasiado solitária, para não dizer insípida, a condizer com a ausência de cor que caracteriza o seu nome. A entrada em cena de Sara, com o vestido verde-hortelã e os seus olhos brilhantes de curiosidade, vem mudar muita coisa na vida de Tsukuru. Acima de tudo, traz a lume uma história trágica, que a memória teima em não esquecer. Os quatro amigos de liceu, donos de personalidades diferentes e nomes coloridos, cortaram relações com ele sem lhe dar qualquer explicação. Profundamente ferido nos seus sentimentos, Tsukuru perdeu o gosto pela vida e esteve a um passo da morte. A páginas tantas, lá conseguiu não perder a carruagem. Com "Os Anos de Peregrinação" de Liszt nos ouvidos, regressa à cidade que o viu nascer e atravessa meio mundo, viajando até à Finlândia, em busca da amizade perdida. E de respostas para as perguntas que andam às voltas na sua cabeça e lhe queimam a língua. Será que o rapaz sem cor vai ser capaz de seguir em frente? Arranjará finalmente coragem para declarar de vez o seu amor por Sara? Uma inesquecível viagem pelo universo fascinante deste escritor japonês que chega a milhões de leitores espalhados pelo mundo inteiro. Um romance marcadamente intimista sobre a amizade, o amor e a solidão dos que ainda não encontraram o seu lugar no mundo."

Minha opinião...

Muito bom! :) O crescimento de uma pessoa como ser humano contado numa história brilhante! Um relato simples onde encontramos "lugares comuns" , locais pelos quais já passei na vida, embora em contextos diferentes, mas a mensagem, a aprendizagem necessária para crescer, para viver, está lá! 
Adorei a sua forma de escrever, vou ler mais livros dele com toda a certeza! Acho mesmo que o próximo será um dele que tenho por cá! ;)

Este foi mais um livro oferecido! :) Sim, sou uma pessoa de sorte! Desta vez, mais um que veio pelas mãos do meu pai! :)

Frases retiradas durante a leitura...

"Ter objetivos definidos e concretos torna a vida mais fácil."

"Mais do que acreditar, confio na lógica."

"O coração humano é como um pássaro noturno. Espera por qualquer coisa em silêncio e, quando chega a altura, levanta voo e vai direito a ela." (Amei esta frase! ;) )

"Utiliza o fio da lógica para guardar junto a ti, no teu corpo, o melhor que puderes, aquilo por que vale a pena viver."

"Algumas coisas na vida são demasiado complicadas para serem explicadas, seja em que língua for (...)"

Desse lado, já alguém leu este livro? ;)

Bom fim de semana e...
Boas leituras! :)

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Inocência económica...

É o não entender, ainda, o verdadeiro valor do dinheiro! :) Pena que dura pouco tempo... ou não? Na esquina da nossa rua existe um senhor que às vezes se senta a tocar guitarra, e toca bem! Não tem ar de sem abrigo etc, na verdade pelo olhar e pelas poucas actitudes que deixa transparecer com o ser mais novo da casa, para lá do seu momento "ele e a música", acredito mais que seja um apaixonado pela música! Ora e quem melhor para simpatizar com ele na nossa família?? O ser mais novo da família claro está! :P O ser que por vários momentos ao longo do dia, tenho de lhe pedir para parar de cantar um bocadinho!! :S lol É uma apaixonada por música! :) Culpa dos pais com toda a certeza.... que já na barriga da mãe, foi a mais festivais do que a mãe tinha ido num Verão inteiro! :S lol Com este senhor, Insiste mesmo em parar às vezes para ouvir um pouco! Quando não está pergunta por ele, quando ele está faz questão de o dizer e de lhe dar um sorriso, que é retribuído! Às vezes dou-lhe umas moedas ou notas, aqui na Argentina existem notas que valem algo como 20, 50 cêntimos e 1€ mais ou menos!!! lol É o que eu chamo a, andar com a carteira cheia de notas e no total não ter nada de valor!! :P lol Ontem quando voltávamos da escola com a sua amiga e mãe, pediu-me dinheiro para dar ao senhor, a felicidade dela ao colocar o dinheiro na caixinha, mostrando à amiga que o conhecia, confirmado pelo sorriso que o músico lhe deu, foi digna de se ver! Dei à amiga também... despedimo-nos e nos poucos metros até casa pergunta-me "porque é que muitas das pessoas que passam não lhe dão dinheiro?", "porque não podem, ou se calhar não gostam da música do senhor!", "eu gosto! Posso-lhe dar dinheiro todos os dias? Para lhe dizer que gosto muito da sua música?"..... :S.... coração de mãe derretido! :P 

(10 pesos= mais ou menos 1€, 5 pesos= mais ou menos 50 cêntimos, 2 pesos= mais ou menos 20cêntimos!!! LOLOL )

Boas leituras!:)

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Não sou de dizer não a mudanças mas...

Há mudanças que me custam... :( Quando começamos a aproveitar o facto, de o ser mais novo da casa, já se concentrar em histórias maiores, e aproveitando uma prenda do Natal de 2013 que lhe foi oferecida por uma grande Amiga minha, e assim abrindo as portas a um mundo que também eu o vivi e adoroooo, entrámos no mundo da Anita!... Quem não se recorda destes livros? Quem não se recorda desta menina e suas aventuras? Fiquei contente quando lhe foi oferecido este livro, e vi que estava "mais moderno", diria até, mais actual!, Ok, ficava bem, parecia-me bem! :) E claro nestes últimos tempos comecei a pensar e a planear comprar mais na nossa próxima ida a Portugal e nada como primeiro ir investiga no site da Fnac... e claro dei de caras com uma mudança que quase me quebrou as lembranças de infância...

Texto e foto do Jornal Sol:

"O nome da Anita mudou, mas as histórias não. A célebre personagem que o ilustrador Marcel Marlier e o escritor Gilbert Delahaye criaram em 1954 está de regresso às livrarias portuguesas com o seu nome original, Martine.

"O nome Anita fica para trás, mas as histórias continuam com o mesmo encanto de sempre", anuncia em comunicado a editora Zero a Oito, responsável pela edição das novas traduções destes populares livros infantis no mercado editorial português.

E porque mudou a Anita de nome? Segundo Simon Casterman, director financeiro da editora-mãe da personagem, chegou "a altura de fazer algumas alterações na vida de uma das mais queridas figuras femininas da literatura para crianças", ideia que Casterman reforça acrescentando que muitos editores e tradutores com quem falaram concordaram que estava na altura de fazer uma nova tradução.


Os primeiros 10 livros de histórias já estão à venda em Portugal, e até ao final do ano está planeado o lançamento de mais 16 livros da Anita, que agora se chama Martine."

...:S... Não digo que não a mudanças... mas... há mudanças que são impossíveis de gostar... :( Até entendo que a Anita sempre se tenha chamado Martine, mas... para
mim e mais familiares meus, familiares esses de quem eu aproveitei os livros e eram meus companheiros das férias de Verão no Alentejo... A menina que existe nas nossas memórias nunca será a Martine... :( A Martine será com toda a certeza uma personagem da vida da minha filha, mas não será a mesma da mãe dela! 
Disse-lhe que lia os livros da Anita como aquele que lhe leio, e agora como lhe explico que afinal a Anita que ela vai conhecer já não existe? Ou melhor, existir até existe, mas mudou de nome... pois a cara é exactamente a mesma!!:S Bahh! E assim se quebram tradições em nome de quê? Do dinheiro? Da ganância de vender  mais e fazer mais dinheiro? :( Há mudanças que não gosto mesmo!! :( Porquê mudar uma história de tradição entre gerações, ainda por cima uma história de sucesso? Chegou "a altura de fazer algumas alterações na vida de uma das mais queridas figuras femininas da literatura para crianças" ??? Claro vamos mudar-lhe o nome, tal e qual como se pode fazer na vida real... já imagino a minha filha um dia a pedir-me "mãe posso mudar de nome, como a Anita?"... :S Exagero, talvez, mas dá que pensar! Não gostei... :( Acho que vou procurar em mercados de livros usados etc, pelas histórias da Anita... da "minha" Anita! Já que eu nunca tive nenhum, li os da minha tia que tinha vários! :) Por acaso alguém conhece algum local onde os possa procurar? ;) 
Resta-nos ficar descansados por os livros de "Uma Aventura" serem portugueses e não precisarem de tradução para nós... ahh!! Será que com a grande ideia (idiota) do novo acordo ortográfico, estes livros podem passar a chamar-se algo como...ok, ok, não é um bom exemplo, uma aventura é igual em Portugal ou no Brasil! ;) :P lol Foi só um pensamento "mázinho" carregado por este acordo idiota!!

E desse lado, qual a opinião desta mudança? :)
Boa semana e boas leituras! :)

quinta-feira, 18 de junho de 2015

E assim passaram 3 anos...

Não, não são 3 anos de blog, que para dizer a verdade nem sei a data exacta em que este nasceu! :S Tenho de ir ver a seguir... Tudo porque na verdade este blog, nasceu no meio de outro blog! O blog que eu fiz há 3 anos e uns dias... quando viemos viver para Buenos Aires e deixamos toda a nossa vida em Portugal, viemos com o básico, roupa e coisas de criança, uma vez que o ser mais novo da casa tinha na altura 18 meses! Uma mala para cada um e viemos! :) Esse blog hoje está adormecido e na verdade, acho que se encontra num sono eterno já, ficou algures parado no tempo certo! ;)
Tem sido difícil passar por aqui, volta e meia tenho períodos destes, mas o tempo não estica, como tal... tem de ser! As consulta de nutrição ganham ao blog! :S Mas hoje não podia deixar passar este dia em branco... há precisamente 3 anos atrás pisei pela primeira vez o solo argentino! Pisei e vi uma cidade que em apenas poucos minutos deu para perceber que nada tinha a ver com Lisboa e muito menos a "minha" Almada! :) 

3 anos que eram para ter sido 6 meses, diria mesmo que foram 6 meses que apareceram assim do nada no caminho, que uma vez feitas as malas para entrar numa aventura rumo ao Brasil, não são nada... Mas foram, foram 3 anos até agora! :P Foram 3 anos de muito crescimento individual, dentro do conceito de família a 3! Foram 3 anos de aventura, de descoberta, de magia, de conhecimento... foram 3 anos de descobrimento de significados de palavras que sempre conhecemos, mas nunca as sentimos de verdade na pele... porque quando estamos no nosso porto seguro (por mais que às vezes até possa não ser tão seguro assim!), junto da família e Amigos, mais que não seja o saber, que estamos à distância de um telefonema, de um sms... e imaginamos que a vida seria muito melhor e mais fácil e divertida se estivéssemos longe.... noutro país etc... pura ilusão posso garantir!!! É bom, sem dúvida, uma experiência incrível, mas... alerto sempre não é de todo um mar de rosas... chega a ser duro sentir o verdadeiro sabor / significado de palavras como Saudade, Beijo e (para mim) Abraço!!! A máxima do só darmos valor às coisas quando as perdemos, é tão verdade!!! Não é um simples dito, acreditem!! As coisas idiotas que se descobrem que eram tão importantes para nós no dia à dia... uma torrada de pão alentejano com manteiga ao pequeno almoço com um galão!!! Aíííí... e as tomávamos como algo banal, rotineiro, são uma revelação incrível e divertida sem dúvida!! :) Talvez por isso mesmo o estar fora assim tanto tempo, seja uma revelação para nós próprios de como realmente somos, uma forma "obrigada" de nos conhecermos de verdade... pois só nos conhecemos de verdade quando somos colocados à prova e não baseados pela teoria de como achamos que somos! ;) Testei, senti e vivi limites, uns bons e uns maus, mas sem sombra de dúvida, a minha verdadeira maneira de ser! 3 anos às vezes podem parecer muito pouco tempo, e talvez até sejam, comparado por exemplo com a minha vida de 34 anos até à data... o que são 3 anos comparados com 31? ;) Mas a verdade é que a intensidade dos anos define a importância e não a sua quantidade! E para mim foram 3 anos muito intensos, bons, muito bons, apesar dos momentos maus, porque os há! Mas foram acima de tudo 3 anos em que sei que hoje sim, sei de verdade o que quero, sei o que é importante para mim! Aprendi a relativizar mais um pouco a vida, aprendi a ser mais serena, e nesta semana em conversa com o ser masculino da casa, percebi que finalmente atingi um pouco (pois acredito que ainda possa atingir mais! lol) a serenidade / tranquilidade perante a vida que tanto ansiava e que todos me diziam que vinha com a idade... e na verdade, ou até diria a parte mais irónica é que neste momento não tenho nada como certo, nada garantido, a não ser a vontade de regressar a casa! Regressar a Portugal! :) Por sorte temos os dois essa vontade... e por momentos até posso dizer os 3, quando ouvi o ser mais novo da casa responder-me à pergunta se gostava de voltar para Portugal, voltar a viver em Portugal com esta frase: "também tenho as minhas amigas portuguesas e... tenho os meus avós!" em castelhano... foi um sinal! Que o que viemos fazer / aprender aqui estava feito / aprendido! :) Agora não sei quanto tempo vai passar mais... não sei quando conseguiremos meter em prática o nosso objectivo, mas temos um, o tempo e a vida nos dirão quando! Porque há momentos e fases que por mais que nos queiramos não os podemos saltar... fazem parte da lição! ;) Foram 3 anos de muitas lições e aprendizagens, mas que ainda não chegaram ao fim! Tenho um grande projecto para continuar a trabalhar à distância de Portugal.... embora assim como assim, já chego a tantos países deste mundo com as minhas consultas de nutrição online, que o espaço físico em que estamos não é assim tão importante! ;) 

Foi apenas uma partilha, neste dia tão frio que se faz sentir em Buenos Aires! :S Estão agora 7ºC, mas de manhã quando fui levar o ser mais novo da casa a pé estavam 4,3ºC com uma sensação térmica de 0,3ºC!!!!!!!!!! Ah pois é... quem ainda acredita, tal como eu acreditava há 3 anos atrás, que América latina é toda "quente" sempre... esqueça! :S O Inverno é frio, muito frio em Buenos Aires!!! :S

E assim passaram 3 anos! :)...

Boas leituras! (Deste lado devido à nutrição andam meio paradas, apesar do livro estar a ser uma boa descoberta!! ;)

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Dia de Portugal... em Buenos Aires!

E ontem fez-se silêncio porque se cantou o fado, e sim... aqui em Buenos Aires! :) Dia de Portugal festejado bem longe, mas com o coração bem cheio, pelo menos tendo em conta o possível e dadas as circunstâncias!! :P 




Por isso até dia 13 pode-se respirar um pouco de Portugal na Argentina! Queremos ver se no fim de semana conseguimos aproveitar mais um bocadinho! ;) 

Ontem antes de se fazer silêncio para se ouvir cantar o fado, tivemos direito a um mini cocktail onde portugueses e argentinos brindaram em nome de Portugal! :) Convite do embaixador de Portugal em Buenos Aires! Já aqui um grande privilégio! :) 

Senti um pouco a falta, de ver mais portugueses presentes, falta de ouvir falar mais português de Portugal! :( A comunidade em Buenos Aires até é grande, mas é "envelhecida" não digo tanto de idade, ou talvez seja isso não sei... a verdade é que portugueses, assim jovens como nós, não se vêm muitos, pois são sim, argentinos filhos, netos, bisnetos de portugueses! Ou seja famílias que no seu passado, têm uma ligação a Portugal... talvez se deva aos tempos em que Portugal era navegador em busca de novos horizontes com hipóteses de futuro... pois neste momento, os portugueses jovens como nós que vêm e se apaixonam por Buenos Aires, sabem que mais cedo ou mais tarde vão partir... não é um destino para ficar, diria que é sim um destino para crescer como ser humano (sendo português!), mas não é um destino para assentar, isso não é... diria que Buenos Aires é um bom ponto de passagem que vale muito a pena conhecer, nem que seja sobre a forma de turista, mas para viver como "casa" não é! Duvido muito que para qualquer europeu "normal" o seja! Mas voltando ao Dia de Portugal, não é por isto (que eu disse), de estranhar que a nossa imagem esteja um pouco (muuuuuito!!!) parada no tempo!! Valha-nos o Cristiano Ronaldo que trouxe um pouco de "luz" e que diga por estas bandas, quem nós somos e que existimos!! Mais que não seja por ser simplesmente o eterno rival do Messi!!:S lol Embora até aqui já seja muito mau, sermos conhecidos simplesmente por termos o melhor jogador do mundo... Enfim!  
Ontem depois de no final do espectáculo, depois da Raquel Tavares ter enchido de orgulho os portugueses presentes, depois de ter cantado tão bem, depois de nos ter representado tão bem... Algumas pessoas meteram conversa connosco (fomos com o ser mais novo da casa e duas amigas portuguesas que também vivem cá), encantadas com a beleza do nosso país, durante o cocktail foram projectadas imagens de Portugal (foi um arrepio de cima a baixo!!!), todas manifestavam uma  vontade genuína por conhecer este país tão pequeno e tão grande de beleza! Senti um orgulho gigante por estar ali e poder dizer que sim sou portuguesa, e sim Portugal é mesmo lindo como as fotos mostram, mas sobretudo ao vivo e a cores, sentindo os cheiros, os sons e os sabores da nossa rica gastronomia! :)  E poder observar a minha filha atenta a cada letra cantada, num som que para ela não é estranho, já que no ano passado tinha ido ver a Ana Moura neste mesmo local, fez-me pensar que quase de certeza que se estivéssemos em Portugal, com a idade dela nunca teria ouvido e muito menos ter tido a oportunidade de ter esta experiência no seu percurso de vida... faz-me sempre pensar nas diferenças de quando educamos e queremos passar a nossa história, num país diferente do nosso... O que me leva a pensar mais uma vez na velha questão do porque raio os portugueses, ou deverei dizer o ser humano... só sabem / sabe dar o verdadeiro valor às suas origens quando estão / está longe delas? Se ando louca com o desejo de matar as saudades de Portugal, de pisar e respirar Portugal... depois de ontem este desejo só aumentou ainda mais!!! :P O fado tem uma magia desconhecida para a maioria dos portugueses, falo dessa magia que todos falam, mas nem todos conhecem... falo da magia que só conheci em Buenos Aires... sim posso dizer que a verdadeira magia do fado, só a conheci aqui... quando ouvi um fado e sem saber porquê, senti todo o corpo arrepiado e as lágrimas que se formaram nos olhos... Mas como a Raquel Tavares disse e explicou ontem, aos argentinos presentes "não se preocupem se não entendem a letra, se a música os arrepia e/ou até chegam mesmo a ficar emocionados sem saber porquê... porque isso é simplesmente Fado! Isso é Fado!" e é mesmo! :)

Não sei se terei conseguido passar tudo o que queria passar, através das palavras, mas hoje sinto-me cansada, uma semana cansativa, e talvez esteja também um pouco nostálgica! ;) Mas se não escrevesse hoje, sei que já não ia escrever, e ia acabar por deixar passar este dia em branco, e não queria... Já percebi que carrego comigo a vontade de fazer ver, as pessoas que conheço claro está, que Portugal não é assim tão mau... que Portugal é sim um grande país, que assim como muitos outros, está a passar uma fase difícil... mas por isso mesmo, agora mais do que nunca, precisa que os seus habitantes acreditem em si! Porque esta minha mensagem é principalmente para quem vive em Portugal! Continuo a dizer, a Portugal faz falta pessoas que acreditem nele, em vez de pessoas que se queixam que a culpa de tudo, é a terrível sina de termos nascidos portugueses! E não, não estou com ideias de me meter na política!! :D LOLOOLOL

Boas leituras! :)

sábado, 6 de junho de 2015

Iguazú...Agosto de 2012! :)

Marido "preso" em Iguazú, com voos suspensos desde ontem, devido uma forte neblina que cai sobre Buenos Aires, nada melhor do que recordar e partilhar  mais um viagem aqui neste cantinho! ;)
Esta foi uma viagem realizada há quase 3 anos atrás... a primeira viagem que fizemos por terras argentinas, após nos assentarmos em Buenos Aires... altura essa em que o plano e a proposta original era Brasil! Mas como a vida não e uma linha recta com tudo traçado  e planeado... aqui estamos nós em Buenos Aires há quase, quase 3 anos! :P Foi também para mim, até agora, a viagem que mais gostei no que toca a paisagem natural!! E felizmente já temos umas quantas viagens às costas! ;) É uma viagem que recomendo a toda a gente... incrível... de uma beleza natural que nem a melhor foto consegue ser realmente justa com o que os olhos vêem!! Uma viagem que nunca será dinheiro desperdiçado, a menos que seja para uma pessoa que não gosta de natureza... e mesmo assim... duvido! :) Uma viagem cheia de paisagens que nos fazem sentir, ou talvez deva dizer, nos mostram e nos fazem sentir como somos pequenos formigas no mundo da natureza, e que é ela sim que manda em nós e não o contrário! ;) Mas não vou usar muitas palavras, vou sim deixar as fotos tentarem passar alguma magia pra esse lado!

Iguazú aí vamos nós...

Sendo este o 3º avião que o ser mais novo da casa, na altura com 20 meses, apanhou! Felizmente parece ter nascido com o prazer de viajar que os pais têm! ;) Até hoje, e agora na lista já contam várias viagens de avião, nunca reclamou, nunca tivemos uma viagem que corresse mal, acredito mesmo que para ela, andar de avião ou carro é quase a mesma coisa... :S lol E viajar com crianças, digam o que disserem é uma experiência maravilhosa! Diferente claro do que quando só viajamos entra adultos, mas maravilhosa... uma descoberta para os 3! ;)
(pensar que há 3 quase 3 anos atrás os seus pezinhos eram assim!! ehehe)

Estando em Iguazú há muitos outros passeios que se podem fazer para lá da visita às Cataratas...




E até de noite podemos fazer passeios... bem, neste caso foi sorte na altura, pois este passeio só se faz em noites de lua cheia! ;) Fazer o passeio de comboio à noite pela zona das Cataratas, simplesmente com a luz da lua!! Mas quando digo só com a luz da lua falo a sério!! Nada de luz artificial, isto porque passamos no meio da natureza, com animais selvagens... passeio esse que depois no dia seguinte fizemos de dia! ;) ESPECTACULAR de dia ou de noite!!!! :) Há momentos que chega a dar um friozinho na barriga, mas vale a pena!;) É um detalhe que vale a pena ter em conta! ;)

Infelizmente neste momento nocturno tinha apenas a minha máquina fotográfica (já falecida! ;( ) que era péssima para tirar fotos à noite... :(




E este foi o mesmo comboio que apanhámos no dia seguinte, durante o dia...

E deixemos falar as fotos... coloquem as capas para se protegerem da água....












 E nada como passar por baixo de uma catarata certo?... ;P



No dia seguinte foi hora de cruzar a fronteira e ir ao Brasil ver o lado argentino! ;) Há sempre uma "guerra" entre os argentinos e os brasileiros, no que toca a este tema... de quem tem o lado mais lindo... A minha opinião é que a beleza maior está de facto no lado... argentino, mas que se vê do lado brasileiro, onde ai já se escreve Iguaçu! :P 










E foi assim a nossa viagem às Cataratas de Iguazú! Uma viagem que queremos repetir em breve, para ver se o ser mais pequeno da casa, fica com alguma recordação! :) Curiosamente o ser masculino da casa, acabou finalmente de chegar a casa, vindo de Iguazú! :)
Espero que gostem desta partilha! :)
Bom fim de semana e... Boas leituras! :)

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Podem-me chamar antiquada!


Que não me importa nada!! A minha filha vai-me odiar um dia, tal como eu "odiei" (achava eu, na minha inocência!) a minha mãe! "Ódio" esse que hoje, se transformou em agradecimento do tamanho da minha vida! Pois é assim o ciclo da vida, e exista a evolução que existir no ser humano, este ciclo de crescimento humano não muda! A tomar o pequeno almoço hoje dei de caras com "mais" uma noticia argentina, mas que sinceramente não sei se também não poderia ser perfeitamente uma noticia portuguesa. Numa matinee 2 CRIANÇAS, ok, ok adolescentes de 13 ANOS foram envergonhadas, humilhas e ABUSADAS!! Por CRIANÇAS, OK adolescentes da mesma idade!! Muitos temas me vêm à cabeça para falar depois de mais uma vez dar de caras com uma noticia destas... Pois a verdade é que há muito por onde pensar e escrever! Mas a mim, aos 34 anos continua a fazer-me confusão sim, uma simples coisa... Qual a necessidade de aos 13 anos uma CRIANÇA, ok uma adolescente, ter de entrar já neste mundo?? Que cabeça têm estas CRIANÇAS, ok adolescentes, para entrar já neste mundo desnecessário?? A idade em que começam as descobertas do corpo, a idade em que as hormonas começam a saltar, a idade idiota em que as "CRIANÇAS ADOLESCENTES" se crêem já grandes e que já sabem tudo... facto este que sempre me provoca o cérebro, já que eu aos 34 anos sei que ainda me falta saber e aprender tanta coisa!! Todo o adulto sabe que nenhum filho, por mais especial e incrível que seja (afinal os nossos filhos não são sempre especiais?) nesta idade tem a maturidade, muito menos a necessidade, para entrar já neste mundo da "noite"... são 13 anos!!!! 13 anos e perde-se a inocência e se marca uma mulher para a vida! 13 anos com tanta pressa de crescer que se atropelam a eles próprios nessa pressa... Qual o objectivo de ser grande em criança se há tantos anos pela frente para o ser? A mim como mãe de uma rapariga, assusta-me lá ao longe esta visão... E assusta-me, pois acredito que em parte é uma das grandes causas deste salto negativo na evolução do ser humano, a "amizade parental" tão na moda hoje em dia... a amizade que hoje em dia destrói  sim a construção de uma criança num ser humano com cabeça no futuro! O dia em que a minha filha, já adolescente disser às amigas que eu sou a sua melhor amiga, vai ser o dia em que vou ficar seriamente preocupada!! E só espero que esse dia nunca chegue!! Sei que hoje em dia muitas mães desejam e acham que é esse o grande objectivo, ou um dos, na relação de mãe e filha. Posso estar errada nesta minha convicção, mas não partilho de todo com esta "nova moda infantil/adulta". Quero sim que a minha filha confie em mim e tenha mesmo a confiança e o à vontade para falar comigo do que seja, mas daí a ser a sua melhor amiga e ir com ela partilhar festas etc... vamos ter calma!! Que adulto hoje, quando olha para trás, pode dizer que não existe pelo menos um momento na sua fase de crescimento "criança adolescente" um episódio em que sentiu tanta raiva por não ter tido autorização para fazer algo ou ir a algum lado, e que hoje olha para trás e vê com admiração os pais que teve/tem? Mas será assim tão difícil nos tempos corridos de hoje deixar uma criança ter tempo para brincar e para crescer? :( Sei que neste ponto estou a falar ainda com base em ideias que acho que vou conseguir "controlar" e de ideias que acredito que vou meter em prática...  E que sendo uma mãe de uma filha de 4 anos, talvez ainda seja cedo para falar... mas tenho a consciência de que nesta vida nada sai como o planeado! Mas isso não me impede de todo de dizer "BASTA!" vamos travar o crescimento acelerado infantil por favor?? Não é possível já? :(

Boas leituras! :) 

terça-feira, 2 de junho de 2015

Um dia que me baralha o pensamento...


Dia Mundial da Criança... Mas onde é que isto está escrito e comprovado?? Há 3 anos que dou de caras com esta "mentira equivocada"! Vivi anos a acreditar que o dia Mundial da Criança existia, mas há 3 anos que descobri que é uma MENTIRA criada (não sei se só em Portugal se em outros países também), o dia MUNDIAL da Criança não existe!!!!! Isto porque pelo menos pelas terras da América do Sul, este dia existe sim, mas não se comemora no dia 1 de Junho, mas algures num dia do calendário do mês de Agosto!! :P lol Agora todos os anos fico a pensar, mas será possível que num mundo com tanta informação, tanta tecnologia que nos enche os dias e nos ajuda até a comunicar, ninguém consegue parar esta mentira?? Ontem dei-me ao "trabalho" de investigar um pouco... de facto em vários locais aparece Dia da Criança, certo, maravilhoso, um grande dia, MAS... em muitos outros continua a assinalar o dia 1 de Junho como o Dia Mundial da Criança!! ... Afinal em que é que ficamos? Podemos deixar-nos ir embalados numa mentira, como se fosse uma mentira infantil, sem maldade? ;P Bem sei que o dia certo, seja Junho seja Agosto, não é o mais importante deste dia como é óbvio! :) Mas... gosto das coisas esclarecidas! Como diz e canta a criança da casa (e não falo de mim! lol), quando está a arrumar o seu quarto de brinquedos "a guardar, a guardar, cada cosa en su lugar!! :P lol

Já agora acrescento que na minha "investigação" a wikipedia ainda nos ajuda a baralhar mais... ora espreitem e vão ver como quase cada pais tem o seu dia da criança... ai peço desculpa, o seu Dia Mundial da Criança!!! :S Acho que preciso de actualizar a minha definição de "mundial"! :P lolol 

Mas aqui por casa, confesso, que este dia da criança, este ano vai ficar meio perdido e em parte a criança da casa vai ficar "sem Dia da Criança", uma vez que ontem não se comemora esse dia aqui, e em Agosto no dia que se comemora, estará em terras portuguesas! ;) Mas sem problema nenhum de trauma infantil que possa vir! ;) lol Brinquedos tem muitos, confesso que demasiados até!! Mas é simplesmente fruto da uma boa família e de bons amigos que gostam de a presentear pela sua bondade e doçura infantil! :) E não importa nada tudo isto, pois afinal de contas o dia da criança pode muito bem, e deve mesmo ser, todos os dias! :)

Boas leituras!:)