Google+ Badge

Cemitério dos livros lidos...

Cemitério dos livros lidos...

Introdução ao Blogue

Porque muita gente associa "cemitério" a algo triste, quero desde já tirar essa ideia em relação a este blog ;) A ideia deste blog é simplesmente arrumar num cantinho especial e cuidado todos os livros que leio, afinal não é isso que fazemos com as pessoas das quais temos que dizer adeus? E por achar que todos eles são especiais e não nos aparecem na vida por acaso... já alguma vez ouviram um livro chamar-vos para a leitura? ;) Não? Então estejam atentos e vão ver como não o escolhem ou apareceu nas vossas mãos por acaso...;)

E sendo a vida no fundo um livro em branco, escrito por nós todos os dias, lembrei-me de "porque não ter um espaço de conversas entre livros sem ser sobre livros", onde possamos falar da actualidade, pensamentos, filhos, dúvidas, receios e partilhas? Ainda mais tendo em conta que sou uma portuguesa de gema, a viver em Buenos Aires... com uma filha pequena, que entende os pais em português, mas se expressa em "portenho"!!! :S lol

E já agora, porque não falarmos e deixarmos entrar um pouco também a minha profissão?... Nutricionista!;) São novas ideias para o ano de 2015 e penso sempre, se é para sonhar que seja em grande! ;)

E quem queira deixar um ou vários livros aqui basta seguir o que está escrito um pouco mais abaixo, do lado esquerdo! ;)

Espero que regressem várias vezes a esta divisão da net! ;)
Boas leituras! :)

Regras do Cemitério...

Eu respondo sempre aos vossos comentários, por isso se não tiver comentário de resposta... é porque ainda não li!;)

Toca a enviar livros ou então entrar apenas para conversar!!;) Vamos fazer deste cemitério um espaço cheio de vida!!;)

sábado, 22 de novembro de 2014

Novas aquisições...

... Literárias pois claro!! lol :P Na verdade foram do fim de semana passado, mas como o tempo para a blogosfera não anda muito famoso...
Este estava desejado e na ideia desde que viemos para a terra da Mafalda!! :) ehehe Na verdade a ideia era comprar um ou vários, mas com a saída deste completo, como resistir?? ;) Já dei umas boas gargalhadas, folheando o livro ao calhas...Mafalda = Génio!! ;) ehehe

E depois o que fazer quando na mesma livraria damos de caras com uma promoção, e temos um marido que nos incentiva a compra???...
Confesso que andava meio indecisa com a compra desta trilogia tão falada... mas confesso que quando soube que se ia converter em filme e que já há data anunciada, a curiosidade aumentou. Por isso vamos lá ver o que sai daqui.... :P lol 

Por esses lados como andamos de leituras e compras literárias? ;)

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Paixão literária é...

... É isto: sentir a "prisão" de um livro, acompanhada pela ânsia de o desvendar, mas ao mesmo tempo sentir o sentimentos contraditório da calma e a alegria de ainda faltarem tantas páginas para o terminar!! :)

Se estou a gostar deste livro? Nem vos conto ainda... ;)

Boas leituras! :)

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Livro Nº 60: O Tempos entre Costuras - María Dueñas

Livro enviado por uma amiga brasileira conhecida em terras argentinas! :)



Sinopse...

"Sira é uma jovem que vive com sua mãe costureira em um bairro pobre de Madri. Ainda criança começa a trabalhar com sua mãe no Atelier de costura de Dona Manuela e, aos poucos, passa a aprender toda a arte desse trabalho. Um dia conhece Ignacio, um rapaz que mora no seu bairro e sonha em ser funcionário público. Namoram, ficam noivos e marcam a data do casamento. Para ter a certeza de um futuro mais promissor, Ignacio incentiva Sira a aprender datilografia e prestar concurso para o serviço público também. Enquanto compram uma máquina de datilografar, Sira conhece Ramiro, o gerente da loja, com quem passa a ter encontros escondidos. Louca de paixão, ela desmancha o noivado, briga com a mãe e vai viver esse romance ao lado de Ramiro. Porém, tudo não passa de uma grande ilusão e ela vai do céu ao inferno em pouco tempo. De repente, se vê em outro país, abandonada, sem dinheiro, cheia de acusações criminais e uma grande dívida. Sem a possibilidade de regressar para Madri, por causa do início da guerra civil que devastou seu país, Sira recupera suas forças com a ajuda de uma amiga e reconstrói a vida às custas de muito trabalho na criação de um Atelier de costura. Quando estoura a II Guerra Mundial, Sira, mais uma vez contando com ajuda de amigos, consegue regressar para seu país e monta um outro Atelier mais luxuoso que o primeiro. Entre suas costuras e as clientes ricas, Sira se torna uma espiã para a Inglaterra e vai, aos poucos, ganhando a confiança da alta sociedade espanhola que, naquele momento, está toda infiltrada de alemães. E assim, ela mergulha em um novo mundo repleto de espiões, impostores e fugitivos."

Palavras de quem enviou o livro...
"Resisti um pouco até começar a leitura porque a capa me passou uma sensação de história triste com personagem um pouco deprimente. Mas isso não é verdade!!! O livro é cativante desde as primeiras páginas. Consegui mergulhar nas referências históricas que mostra uma Espanha tão sofrida e devastada pela guerra civil e também, nos sentimentos profundos da protagonista. Sira é uma pessoa que, sem experiência e malícia, luta para sobreviver. E, de menina boba, se transforma em uma mulher forte e madura. Super recomendo a leitura."


Curiosamente já tive este livro em casa, quando vivia em Portugal, mas era emprestado e tinha um curto tempo para o ler assim que tive de o entregar... Aqui em Buenos Aires, voltei a dar de caras com ele nas livrarias, e agora uma amiga conhecida aqui e já de volta ao seu pais :( "devolve-me" o livro! ;) Está mais do que decidido que tenho de o ler!! :)
Desse lado já mais alguém o leu? Há mais opiniões?;)

Boas leituras! :)... da minha parte já me encontro num novo mundo literário e este já me
 prendeu logo desde o inicio!! ;) Promete!! E sim, mais um em espanhol... :P

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Um livro inacabado... :(

Não é surpresa para ninguém, que gosta de vir espreitar este cantinho, que a leitura do livro tão falado do Valter Hugo Mãe, não estava a ser fácil... :( E ontem à noite foi o fim! Decidi terminar o livro antes do seu fim... Esforcei-me até à segunda parte (pag.142), já que o livro está dividido em duas partes... dai para a frente li partes soltas e li o fim e... definitivamente este livro não foi feito para mim! Por mais que me custe deixar um livro a meio a verdade é que ler por obrigação e sem prazer, deixa de fazer qualquer sentido e ganhou à teimosia! :( Acho que me perdi algures nas descrições abstractas da humanização fora do local... mas lá está afinal talvez seja esse o objectivo do livro, afinal chama-se "A Desumanização", é o contar uma história que bem poderia ser do dia à dia comum de uma forma abstracta e sem lógica humana... Nesse sentido o livro está muito bem conseguido sem dúvida, mas para mim que gosto de livros que seja como for, me façam pensar, este tornou-se uma tortura para entender as comparações fora da lógica... :S Estranho! 

Um problema meu com certeza, já que tantas pessoas falam maravilhas do livro!! Talvez possa concluir que nesta fase da minha vida seja muito "terra à terra"! :P E mais uma vez uma mensagem por detrás de um livro lido, apesar de tudo no momento certo, quando temos a nossa vida meio desordenada a perder alguns rumos, ler um livro sem lógica faz-nos desesperar por ordenar a vida e a colocar em ordem certo?;)

Mais opiniões desse lado, boas ou más?

Em breve venho conversar um bocadinho no tema "viagens e leituras", já que apesar de tudo este livro ainda viajou até Puerto Madryn - Patagónia comigo, apesar de nem uma frase ter sido lida!! :S

Boas leituras!:)

domingo, 2 de novembro de 2014

Alguém ai desse lado...

... quer vir connosco à procura de baleias e pinguins? ;) Sinto-me às portas da realização de um sonho argentino sonhado há muito em Portugal!! ;)

Boas leituras! :)

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Nunca fui de...

... me guiar "muito" pela opinião dos livros "mais conhecidos", que muita gente leu etc... Mas este está a ser um choque para mim!!! Embora possa vir a mudar de ideias, e sei que ainda vou muito ao principio! Por isso mesmo não vou já dar a minha opinião, mas que a leitura está a ser estranha isso está!!! Hoje mesmo dei por mim a vir aqui rever a opinião de quem já colocou este livro neste cemitério (Mente Flutuante), pois ele já está cá! ;) Já me cruzei com várias pessoas nestes últimos tempos, amigos e aqui na blogoesfera, que falam maravilhas do livro! E tendo em conta que são pessoas que não se conhecem, etc, mantenho a esperança que seja um daqueles livros que ainda se vai transformar numa boa revelação / leitura! ;)  Espero que sim! Embora tenha de confessar que se não fosse a minha teimosia em deixar um livro por ler, uma leitura inacabada... já o tinha metido de parte! :S Mas vou continuar esta viagem pelas próximas folhas que me esperam... :P

Por acaso já aconteceu a alguém este inicio de leitura com "A Desumanização" do Valter Hugo Mãe?:P 
Boas leituras

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Magia e orgulho literário!

Foi o que senti ontem à tarde dentro de uma livraria argentina, de mão dada com a minha filha numa fila para pagar... sim, mais um livro para mim e em espanhol, claro!:P 
Depois do ritual que ela adora: ir a essa livraria ver os livros, porque deixam as crianças verem e lerem os livros, sem problema nessa zona infantil/juvenil! :) Acho eu que é uma excelente iniciatival! ;) Dirigi-me à caixa, pois pelo caminho decidi comprar o livro que andava a chamar por mim há umas semanas... E na fila ouço uma vozinha "Me puedes comprar uno  para mi también?" :D Se posso??? Como dizer que não a um pedido destes?? :D Saímos da fila e aí fomos nós rumo à secção infantil para ela escolher o dela...
Voltámos à caixa e a senhora que se tinha apercebido da história não pode deixar de comentar!! :) E achando mais piada ainda ao "som" da nossa conversa... perguntou de onde nós éramos, ao que eu respondi com o mesmo orgulho de sempre "Portugal"! :) O som não era por estarmos as duas a falar em português, mas sim uma em português e a outra em castelhano!! ;) Porque é assim a realidade de uma pequena portuguesa com mais tempo de vida argentina, do que de portuguesa. Entende o português (falamos sempre com ela em português!!), mas por agora as respostas só lhe saem em castelhano! ;) lol Um dia saberá falar as duas, por agora vamos com calma para não a baralhar!;) Que fale pelo menos um bem para já! ;)

Chegámos a casa tive de lhe ler logo o livro claro, na hora de dormir, já na cama outra vez e ainda terminou pedindo "una vez más porfiii!" !! :S Não querias uma filha que gostasse de livros?? Embrulha e agradece com um orgulho gigante! :) 

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Livro Nº59: El Psicoanalista - John Katzenbach




13 Setembro - 21 Outubro de 2014

Sinopse...


" "Feliz 53 cumpleaños, doctor. Bienvenido al primer día de su muerte. Pertenezco a algún momento de su pasado. Usted arruinó mi vida. Quizá no sepa cómo, por qué o cuándo, pero lo hizo. Llenó todos mis instantes de desastre y tristeza.

Arruinó mi vida. Y ahora estoy decidido a arruinar la suya.Al principio pensé que debería matarlo para ajustarle las cuentas, Simplemente. Pero me di cuenta de que eso era demasiado sencillo. Es un objetivo patéticamente fácil, doctor. Acecharlo y matarlo no 
habría supuesto ningún desafío. Y, dada la facilidad de ese asesinato, no estaba seguro de
 que me proporcionara la satisfacción necesaria. He decidido que prefiero que se suicide.'
 Así reza el anónimo que recibe Fredrerick Starks, un psicoanalista con una larga carrera a 
sus espaldas y una vida cotidiana de lo más tranquila. Starks deberá emplear toda su astucia y rapidez para, en quince días, averiguar quién es el autor de las amenazadores 
misivas. De no ser así, pasado ese plazo deberá elegir entre suicidarse y ser testigo de 
cómo, uno tras otro, sus familiares y conocidos van siendo asesinados por un psicópata que
 promete llevar hasta el fin el plan que ha ideado para vengarse.Dándole un inesperado giro
 a la relación entre médico y paciente, John Katzenbach nos ofrece una novela en la 
tradición del mejor suspense psicológico."


Frases retiradas do livro durante a leitura...

"(...) una diferencia de edad que los convertía en membros de la misma familia situados en órbitas distintas."

A minha opinião...

Este será sempre um livro muito especial para mim, em primeiro lugar por ter sido o meu primeiro livro lido em espanhol, e por me ter sido oferecido por uma amiga argentina!! :) 
Estava com muitas expectativas para saber se conseguiria ler um livro em espanhol, isto por nunca ter tido aulas de espanhol e por o espanhol que hoje sei e uso para falar,  ser precisamente o que aprendi aqui, na vida do dia à dia! :) E a conclusão não poderia ser melhor: consigo perfeitamente ler em espanhol e adorei, pela história do livro que é qualquer coisa de incrível!!!! E por ter descoberto mais um meio de estudo para a minha aprendizagem do espanhol! ;) Pois sem dúvida que a ler aprendemos a corrigir vários erros que damos tanto a falar como principalmente em escrever, naquelas belas trocas de mensagens do whatasapp!! :P 


Mas vamos ao livro... simplesmente de génio! Incrível!! Uma história que nos leva a pensar e a ver como a nossa mente controla toda a nossa vida... como a nossa "vida psicológica" pode ser um mundo infinito e desconhecido... que nos pode levar a mudar tanta coisa uma vez descobertas as forças desse mundo desconhecido... Sei que  falo meio por enigmas, mas este livro simplesmente não se pode contar de outra forma, pois se o fizermos tira o prazer a quem o ler! ;) 

Pesquisei na Fnac de Portugal (online) e não o vi, assim que desconfio não existir (ainda) em Portugal, mas como sei que sou lida em diferentes partes do mundo (como eu adoro ver no mapa os pontos onde sou lida, mesmo que em silêncio, uma vez que nunca se "acusam"! Talvez um dia, pelo menos tenho essa esperança!! ;) ) deixo a recomendação para este livro incrível! :) 

E assim ganhei mais um idioma para escolher livros... Português, inglês e espanhol! :)

Há por aí alguém desse lado que já tenha lido este livro? 
Boas leituras! :)

terça-feira, 21 de outubro de 2014

E chegou...

... ao fim a primeira (espero e desejo eu de muitas!) viagem literária em espanhol!! :) 
Em breve entrará o livro nº 59 ao cemitério! ;)

Boas leituras! :)

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Sempre o mesmo...


... dilema! :S Sinto que está perto...

muito perto... talvez seja mesmo hoje!
Quero e não quero, chegar ao fim! :S

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Norte argentino: Salta e muito mais / Meios de transporte...

Há vários, e eu gosto dos normais, reais fisicamente, sem olhar a marcas atenção!! Apenas que sirvam para nos levar para onde queremos, seja no dia à dia, para o trabalho, para ir ver uma Amiga, um familiar... ou para nos proporcionarem momentos / vistas como estas...
(Todas as fotos apresentadas foram tiradas por mim!)




 (Cerro das siete colores)




 (e... surpresa!!!! :p)



Mas gosto mais ainda, dos outros meios de transportes que têm como gasolina a nossa imaginação! 
Adoro: viajar, fotografia (será que deu para ver? ;)) e claro... Livros! Numerei os 3 sem ordem de preferência! 3 gostos distintos, mas que em comum, têm o facto de serem os 3 "meios de transportes" maravilhosos!! ;) 
Quem não viajou num livro? Quem não viajou através de uma fotografia? E quem não viajou num carro, mesmo nem que fosse numa viagem de curta distância? Às vezes uma curta e simples viagem do dia à dia, pode-se revelar numa viagem especial! ;) 

Nas últimas férias tive o privilégio de poder conhecer um pouco mais da Argentina! Desta vez o Norte. Fomos rumo a Salta de avião e dai com um carro alugado viajámos km de pura beleza natural... locais que nos fazem sentir seres tão pequenos, locais que nos fazem sentir uns sortudos, embora sempre com o pensamento, de recompensa! Perdemos muito (uiiii nem há palavras que o descrevam) quando estamos longe do nosso pais, mas depois estas prendas da vida fazem tudo valer a pena, e sentir que o caminho até aqui e o que há-de vir é o correcto! ;) Porque nem tudo, ou muito pouco desta vida é "pura sorte"! :)


(Mais fotos da viagem...)








Recomendo esta viagem a quem tiver a oportunidade e vontade de conhecer a Argentina! Um pais tão rico e tão pobre ao mesmo tempo! Um contraste que não consigo ainda assimilar muito bem no meu cérebro! E muitas vezes quem vem à Argentina fica com a ideia de Buenos Aires, da cidade confusão e insegura... mas tem tanto, mas tanto para conhecer e nem a metade vou!! :P



Norte da Argentina: Salta - Quebrada de Humahuaca - Tilcara - Maimará - Purnamarca - Iruya - Uquia - (descemos voltando a passar por Salta e seguimos rumo a...) Cafayate (terra de vinhos, de bodegas familiares) - Quebrada de Cafayate (estrada que nos leva a Cafayate, que é simplesmente linda!! :). Deixo a nota que me posso ter esquecido de alguns nomes de pequenas aldeias visitadas... A verdade é que é uma parte do mundo onde parece que a vida ficou parada no tempo e no entanto, dei por mim a pensar se não terão eles a maior riqueza da vida, em vez de nós que temos acesso a tudo e mais alguma coisa hoje em dia, sem se quer sairmos da cadeira se for preciso... Acho que mesmo que quisesse já não conseguia viver assim afastada da "vida real" ou da vida tecnológica, artificial, mecânica que criamos...Mas que dá que pensar isso dá! 


Por isso sim, estes são os meus meios de transporte preferidos! :)

Boas leituras! :)

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

O melhor espelho...

Felizmente nem todos os hábitos são maus para passarmos às crianças, sobretudo se falamos da nossa própria filha!! :P 


Este momento tinha de ser partilhado aqui...em pleno quarto de hotel, na nossa maravilhosa viagem ao Norte da Argentina (quem sabe se um dia não partilho aqui, fotos de alguns locais maravilhosos que conheci nestas últimas férias.  Que valem a pena visitar nesta vida!!), "agora sou a mamã!" :P Risota total, cheia de alegria, por esta ser uma das imagens que a minha filha de quase 4 anos tem de mim! :)

E nestas férias ainda, perguntou-me o que é que eu via no livro, se não tinha bonecos... Uma magia que um dia vais saber decifrar e que espero eu, te possa encantar! ;)

Boas leituras! :)

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Livro Nº58: E Depois do Amor - Ray Kluun


26 Agosto - 10 Setembro
(Devido a problemas técnicos informáticos!!! lol Não consegui colocar a foto no formato dos costume!)

Sinopse...


"Após a morte prematura da mulher, Dan entra numa espiral descendente e autodestrutiva. Abandona o trabalho e entrega-se ao álcool e à vida boémia de Ibiza e Amesterdão. É só quando bate no fundo que Dan compreende que tem de alterar drasticamente o rumo da sua vida e investir na relação com Luna, a filha de três anos. Juntos, fazem uma longa viagem de autocaravana pela Austrália que se revelará fundamental para a sua aproximação. Despretensioso e divertido, este romance autobiográfico, que é a sequela de "Love Life - De Coração Aberto", toca-nos profundamente pela empatia que nos suscita o protagonista, um pai viúvo que procura a todo o custo recuperar o controlo da sua vida. Consulte um excerto da obra: Open publication - Free publishing"

Frases retiradas do livro...


"Por vezes ouvimos uma palavra que nunca ouvimos antes, mas sabemos exactamente o que significa."

"Não há nada melhor do que queixarmo-nos na nossa língua materna."

"Seria muito triste se tivesses pena das coisas que não chegaste a fazer porque, no fim de contas, só podemos aprender com todas as coisas que fizemos."

A minha opinião...


Gostei de ler este livro, embora não tenha muito para acrescentar / dizer... Um livro, ou mais um, sobre o medo, sobretudo dos homens, de enfrentar / aceitar / viver o significado do amor.
Um livro que toca também as consequências na vida a dois quando se tem de encarar um cancro... ainda mais quando há uma filha de 3 anos...

Deixo também a nota, que este foi um dos 2 livros que consegui ganhar por pouco mais de 1€!! :) Graças ao maravilhoso passatempo que a Editorial Presença lançou  no facebook! :) 

A referir ainda que foi um livro lido uma boa parte na viagem pelo Norte da Argentina!! :) Que recomendo mesmo!!! :) Paisagens de sonho!! Aldeias que parecem paradas no tempo! :)

Desse lado por acaso há alguém que já tenha lido este livro?;)

Boas leituras! :)

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Livro Nº 57: Agradece o Beijo - Ana Zanatti

Sinopse...


"Agora que tudo acabou, fecho os olhos e vejo os meus mortos no seu voo tranquilo sobre a cabeça dos prédios da cidade. Invade-me um cheiro a flores e a terra molhada. Olho à minha volta e pergunto-me que memórias despertará este cheiro em cada um dos presentes... Que imagens estarão a desfilar dentro das suas cabeças? Na minha, espreita de novo a criança que trago cá dentro, frágil, insegura, sonhadora, voando direita à Ilha dos Morangos para trazer à mãe as folhas da Árvore dos Sorrisos."


Frases retiradas do livro...

"(...) já não sou quem fui, nem sou ainda quem será."

"Em cada desconhecido pode estar um amigo. Basta termos oportunidade de o conhecer."


A minha opinião...


Foi uma boa revelação... no sentido em que sempre vi a Ana Zanatti actriz! :P Não sabia o que esperar deste livro, e ainda mais não tendo o livro grande sinopse, ou seja não levantava véu nenhum sobre o que poderia encontrar durante a leitura do mesmo! :) E decidi que vou manter assim, para o caso de alguém se vir a cruzar com este livro numa livraria! ;) Apenas digo que gostei, que está escrito de uma maneira interessante!! :) 
Recomendo a sua leitura! ;)


Será que já alguém se cruzou com este livro? ;) 


Este livro foi mais uma boa prenda que recebi! :) Mais um "pagamento" nutricional em forma de letras!! ;) Obrigada!!! :) 


Boas Leituras! :)

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Não é tudo só ficção...

Aprendemos a gostar de pessoais reais, que mais parecem que não são reais, por só as conhecermos na televisão. Aprendemos a admirar quem está longe e nem se quer participa da nossa vida real de forma presente. Aprendemos a criar imagens de personalidades, a criar pessoas à nossa maneira, simplesmente pelas suas obras, pelos seus dons, e pelo que a tv e as noticias nos mostram... nos deixam ver, ou nos querem fazer ver... é tão fácil criticar, imaginar, inventar, opinar...é tão fácil achar que a vida do outro é sempre melhor ou mais fácil que a nossa... que é quase tão fácil imaginar que tudo isto é uma grande mentira... que a tristeza que sinto não é real, que o que carrego hoje no coração só pode ser mentira, pois afinal nem família és, mas sim "simples" ficção. Se é apenas uma paixão que cresce pela ficção, se não é família, como posso sentir hoje que perdi um familiar? Como posso sentir que o mundo está mais pobre e mais triste... Como posso recordar todos os ensinamentos, lições de vida que me foram passados pelo mundo do espectáculo, hoje particularmente pelos teus filmes, pela tua arte maravilhosa de representar.. se no fim nada é real, é pura ficção?... Ou será que não?... Haverá realidade na ficção? Poderás tu ter sido tão feliz a representar, teres-nos ensinado o verdadeiro significado de um sorriso que nos leva às lágrimas... poderá o riso e a alegria terem sido a tua máscara para encarar as dificuldades da tua vida até ao limite? :( Poderá ter sido o teu dom de representar vários tipos de filme tão bem, ter sido a tua forma de suportar a vida? Poderá quem nos faz rir ate às lágrimas, afundar-se na sua própria tristeza? :( Poderá quem nos fez ver e pensar no lado bom e humano da vida, quem nos ensinou que devemos ser fieis às nossas paixões e lutar por elas, fechar as cortinas da vida assim... vendo no adeus a única solução, a única porta aberta? :( Tenho pena que nós, teus fãs, não tenhamos conseguido mostrar-te a força da tua força, a força que as tuas personagens nos deram, todas elas, desde a mais engraçada à mais séria... tenho pena que a vida te tenha fechado as cortinas assim... :( Depressa demais... resta-nos agora bater as palmas e agradecer a tua obra! Ver e rever vezes sem conta, pois de uma coisa tenho a certeza, podes ter fechado as cortinas da vida real, mas da ficção não... na ficção serás imortal e para sempre relembrado! Por isso não acredito que a ficção exista na realidade, e muito menos a realidade na ficção, mas que em alguns casos como o teu, onde a ficção e a realidades tantas vezes se misturam e nos transmitem essa mesma mistura... andem sempre juntas na mesma direcção! São estrelas raras que aparecem, deixam a sua mensagem e partem não deixando nada igual... 

Talvez por isso hoje, "goste" de imaginar que entrei dentro da ficção, dentro do meu filme favorito de todos os tempos, e fazer parte daquela turma que via o seu grande professor ir embora tão injustamente... a sentir-se impotente perante tamanha injustiça e encontrar uma forma mágica de agradecimento, por todos os ensinamentos dados... e subir a uma mesa e dizer: "Oh Captain, my Captain! :)...  Porque no fundo é exactamente isso que sinto perante a injustiça da vida! Mas tal como no filme, vou recordar o teu sorriso e a tua mensagem de que vais bem! :) Vendo bem... a ficção até pode entrar na realidade e vice versa! ...

R.I.P Grande Robin Williams!

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Fins de semana literários...

...não tanto pela leitura, mas diria sim pelas compras... No fim da outra semana, de passeio à Feira de San Telmo (para quem um dia quiser visitar Buenos Aires, deixo a nota que é impossível vir a Buenos Aires e não visitar esta feira!!;) uma feira de artesanato, de roupa, de tesouros recuperados de outros tempos enfim.... uma feira imperdível e gigante como é tudo em Buenos Aires! ;) ) e dei de caras com isto...
Claro que impossível não o trazer! ;) Uma vez que era um desejo já de algum tempo e até  partilhado aqui no blog! ;) Um livro de poemas do Pablo Neruda! :)

Este último fim de semana, foi a vez de fazer um pedido a Portugal!! :) Fnac! Que continua a ser a livraria que mais me faz perder a cabeça em compras literárias... mesmo a tantos km de distância!! :) Promoção de livros de bolso com oferta de uma mala térmica com o padrão de várias capas de livros! :)
E assim cresce de forma inesgotável a minha montanha literária!! :D ahaha Mesmo tendo tantos livros em lista de espera, já na minha posse e prontos para serem lidos, não consigo evitar comprar livros "no caminho" das minhas leituras... é a paixão que hei-de eu fazer? :P É mais forte!! :P Duvido que vá existir algum dia na vida, em que diga "não tenho nada para ler! :( " Já aconteceu no passado longínquo, mas agora duvido que volte a acontecer!! ;)

Embora tenham sido fins de semanas de compras literárias, a leitura também foi alimentada, e seguimos cada vez mais para o final do livro do momento...Em breve falaremos... Vou ler um bocadinho, com o desejo de o terminar agora, mas vamos ver...

Desse lado temos lido ou nem por isso? :)
Boas leituras! :)

terça-feira, 5 de agosto de 2014

O inicio de uma paixão!

Não de uma paixão a dois, de uma paixão humana, mas sim de uma paixão material... descrição esta que já me faz sentir injusta perante tamanha importância deste "bem material" na minha vida! :( Uma vez que é de facto um bem material, nunca igual, de várias capas e várias linhas de frases e várias palavras combinadas, que nos permitem viajar sem sair nunca do lugar, meter apenas a mente a funcionar! ;) 
Tudo tem que ter um inicio, por vezes temos essa noção e por vezes não! Simplesmente a paixão vai crescendo silenciosamente, sem se manifestar, sem nos apercebermos de verdade, até que chega a um ponto em quem se torna parte de nós, e muitas vezes até uma característica nossa... No momento real não tive a noção que era o inicio de uma grande paixão, mas agora olhando para trás vejo que todas as cartas e magia estavam lá! ;) 


Petzi!!! :) Foi este o inicio de tudo, foi este o ursinho que me fez ser hoje uma apaixonada pelos livros!! Recordo-me ainda hoje, com a sensação bem presente, da alegria de ir ao supermercado (num espaço real que hoje já não existe sem ser em forma de parque de estacionamento / paragens de autocarro! :P lol) com os meus pais fazer as compras mensais e saber que aquele era o dia em que podia escolher um para trazer para casa!! :) Tendo ficado com a colecção completa no final! :) Ritual preferido? Ir para a cama com todos os livros, montanha essa que de mês para mês ficava maior :P, e ler todos de seguida... sim umas mil vezes lidos, no total, pelo menos!! :P E dormia feliz!:) Sentia-me amiga de todas estas personagens, como se vivesse todas as aventuras com elas, vezes sem conta!!:) 
Uma colecção que passou depois para o meu irmão, embora não tendo o mesmo efeito que em mim, e neste momento deve estar guardada algures na garagem dos meus pais, juntamente com as minhas recordações de infância! :) Gostava de um dia passar esta colecção para a minha filha, acredito que ia gostar de conhecer estes personagens! :) Nem que ao inicio tivesse de ser eu a ler para ela... eu comecei a paixão na altura em que começamos a saber ler sozinhos e sem ajuda, por isso desconfio que deveria ter uns 8 / 9 anos quando esta aventura começou! :) Às vezes já sinto alguma dificuldade em localizar-me no tempo certo, mesmo estando a falar da minha vida, porque a idade não perdoa!! :P lol 
E foi assim que tudo começou, e por sorte é uma paixão que continua a fazer-me companhia! :)
E desse lado, por acaso alguém partilha este inicio de paixão? :) Ou alguém quer contar como começou? Qual foi o livro que despertou para o prazer da leitura? ;)

Boas leituras! :)

domingo, 29 de junho de 2014

Livro Nº 56: Madrugada Suja - Miguel Sousa Tavares

Sinopse...

"Um surpreendente romancesobre o Portugal que construímos. Três histórias que se cruzamdesde uma aldeia deserta até ao topo do poder. No princípio, há uma madrugada suja: uma noite de álcool de estudantes que acaba num pesadelo que vai perseguir os seus protagonistas durante anos.Depois, há uma aldeia do interior alentejano que se vai despovoando aos poucos, até restar apenas um avô e um neto. Filipe, o neto, parte para o mundo sem esquecer a sua aldeia e tudo o que lá aprendeu. As circunstâncias do seu trabalho levam-no a tropeçar num caso de corrupção política, que vai da base até ao topo. Ele enreda-se na trama, ao mesmo tempo que esta se confunde com o seu passado esquecido.Intercaladamente, e através de várias vozes narrativas, seguimos o destino dessa aldeia e em simultâneo o dos protagonistas daquela madrugada suja e daquela intriga política. Até que o final do dia e o raio verde venham pôr em ordem o caos aparente. Excerto«E agora, de volta à minha aldeia, onde a luz eléctrica chegara tarde demais para os homens, madrugada dentro, eu lia o Guerra e Paz. Numa aldeia morta, numa noite deserta, seguia, como se estivesse a ver, o esplendor dos salões de baile do Império Russo, a imensidão das estepes gélidas, os gritos de horror dos estropiados pelo fogo dos canhões de Napoleão Bonaparte, e chegava-me mais ao calor da lareira para não sentir a solidão das trincheiras de lama, húmidas, frias, desoladas, onde se abrigava o exército de Kutúsov. Alguém dissera um dia que se podia viver sem tudo, menos água e comida, mas que viver sem livros e sem música não seria o mesmo que viver.»"

Frases retiradas do livro...

"Cuida antes de viver, filho, porque de morrer, outros cuidam por ti."

"Tens razão...nada é longe demais. Só precisamos de saber lá chegar."

"Mas pronto, partilhávamos o silêncio, e o silêncio a dois não é o mesmo que o silêncio sozinho."

"Com os anos, fui aprendendo que o melhor de estar acompanhado é saber que o outro anda por ali, mesmo que a gente não se fale, que não estejamos sempre a ver-nos e a tropeçar um no outro."

"Alguém dissera um dia que se podia viver sem tudo, menos água e comida, mas que viver sem livros e sem música não seria o mesmo que viver."

A minha opinião...

Um livro onde a nossa realidade do dia à dia, assim como a nossa história, se encontra com um toque de ficção na perfeição! :) Enredo e desenlace perfeitos! Adorei a leitura deste livro! Continuo a dizer que este escritor tem lá as suas convicções, que às vezes até concordo, embora já outras nada disso... Mas algo indiscutível é o facto de gostar cada vez mais da sua escrita! E mais uma vez voltou a acontecer, o facto de nada da sua pessoa, da sua imagem como "figura publica transparecer para os seus livros e na nossa leitura... mais uma vez dei por mim a pensar "Parece mentira que tenha sido escrito por ele!"! Tem sem dúvida um dom de escrita especial de que eu sou cada vez mais fã! :)
Recomendo!;)

E mais uma vez... um livro em 15 dias!! :) Começo a acreditar que os bons tempos literários, estão mesmo a voltar!! ;) A ti Té, um obrigado gigante por esta prenda maravilhosa, um livro que me prometeste, assim que soubeste que estava na minha lista de livros que queria ler! ;) 

Mais alguém leu este livro?

terça-feira, 17 de junho de 2014

Livro Nº 55: Isla Negra - Pablo Neruda


Eu disse que depois da visita ao Chile, vinha com sede de ler Pablo Neruda! ;) Na verdade este não é um livro dele, ou seja, escrito por ele, mas é sobre uma das suas casas que também ela se transformou em um museu! Museu este que tive a oportunidade de visitar!! Recomendo a todos!! Imperdível!! Esta sua casa na Isla Negra, era o seu refúgio favorito, local onde escreveu muitas das suas obras e o seu grande ninho de amor, partilhado com a sua Matilda! :) E foi também aqui que ambos foram sepultados! 
Dei de caras com este livro pouco depois de ter regressado do Chile e claro tive de o trazer comigo! Na verdade já o li antes do último livro que coloquei aqui, pois não resisti, e é pequenino!!! :) Mas mantenho a vontade de ler sim, um livro escrito por ele! ;)

Boas Leituras! :)







quinta-feira, 12 de junho de 2014

Livro Nº 54: A Última Carta de Amor - Jojo Moyes


Sinopse...


"Algumas palavras podem terminar uma relação ou fazer renascer um amor perdido Inglaterra, 1960. Quando Jennifer Stirling, uma mulher de vinte e sete anos, acorda no hospital, após um trágico acidente de automóvel, não tem qualquer lembrança da sua vida passada. Não reconhece o marido, não recorda a sua própria casa e tão-pouco se identifica com a vida que lhe dizem ser a sua. Quando encontra uma carta apaixonada, escrita por um homem que assina apenas «B» e que lhe pede para abandonar o marido, irá a todo o custo tentar descobrir a identidade desse homem, enquanto enfrenta os preconceitos sociais estabelecidos. Anos volvidos, em 2003, uma outra mulher, Ellie, descobre nos arquivos poeirentos do jornal onde trabalha a mesma carta enigmática. Fica de imediato obcecada pela história, que lhe permitirá escrever um artigo que relance a sua carreira e talvez até a ajude a lidar com a sua própria vida amorosa. Afinal, se aquela história tiver tido um final feliz, quem lhe garantirá que o homem com quem se envolveu não acabe também por deixar a mulher? Uma história de amor apaixonante e arrebatadora, com um final absolutamente inesperado."

Frases retiradas durante a leitura...

É raro, mas aconteceu, este livro tem a contra capa vazia! 

A minha opinião...


Simplesmente perfeito! Um romance como há muito não lia, um romance "romântico", mas em nada lamechas, e no entanto carregado de uma força de amor mágica! É um romance que nos vai conquistando ao longo da leitura do livro, começamos a sua leitura de uma forma "suave", descontraída, e terminamos agarrados para saber o final! ;) De mestre e merecedor do Prémio Romantic Novel of the year 2011 sem dúvida nenhuma! :)
Nunca tinha lido nenhum livro desta escritora, adorei a sua escrita e vou seguramente voltar a ler outro livro dela, até já tenho um em vista... quando for a Portugal!! lol

Tita, a ti se me estiveres a ler, agradeço-te de coração esta prenda do Natal de 2012, apenas lida agora em 2014! :) Mas já sabes que comigo funciona o "chamamento do livro" para ser lido, e ainda bem que foi agora, foi lido no momento certo!! :) Não deixou de ser engraçado ter lido os teus dois livros de Natal seguidos, já viste? ;) 2012 e 2013!! E ambos muitos bons, como não podia deixar de ser, pois são sempre bem escolhidos por ti! ;) Beijinho grande!!

E finalmente o feitiço foi quebrado, voltei a conseguir ler um livro de 450 paginas em menos de duas semanas!! ;) Só espero que o feitiço não volte! ;) lol Porque é maravilhoso perder-nos na leitura de um livro, deixar a nossa imaginação criar asas e voarmos por uns momentos da nossa vida real! ;) Como é possível não se gostar de ler!!  Não entendo!

Desse lado alguém já leu este livro?
Boas leituras! :)

domingo, 8 de junho de 2014

Voltou...


... a sede da leitura, aquele prazer de ler que não se explica, apenas se sente! :) Aquela vontade de saber e como termina? E agora o que vai acontecer?... Aquela abstracção total (e maravilhosa) que um livro nos permite, de sair da nossa vida, durante uns minutos, horas... :) De meter aquela "pausa" na nossa vida real! Não tanto pela história do livro (apesar de ser boa e estar a gostar!), mas mais por me permitir, não pensar, nem me concentrar em todos as 24h, em coisas importantes que tenho de pensar, mas que não estão apenas nas minhas mãos conseguir resolver...Seja como for é maravilhoso conseguir voltar a ler mais de metade de um livro (grande!!! lol) em 1 semana! :) Por isso sim, é maravilhoso ver e constatar como hábitos de sempre e "nossos amigos", nos continuam a ajudar ao longo dos anos!! ;)
Por esses lados, foi um bom fim de semana para leituras? ;)
Boas leituras e boa semana!! :)

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Perdas e ganhos das mudanças...

Cada vez me convenço (e aprendo) mais que ligada a uma mudança há sempre "perdas e ganhos"... o que pode ser bom ou mau, conforme o ponto de vista!
Mudei de país, perdi as minhas rotinas portuguesas, perdi o acesso as maravilhosas comidas portuguesa!!!!!!!!! Temos a melhor comida do mundo é o que vos digo!!! Nem um belo bife de vaca, os melhores que comi na vida aqui na Argentina, me fazem mudar de opinião!!;) Perdi o contacto diário (ao vivo e a cores) com a família, ganhei a sabedoria de saber quem realmente está connosco e quem nos acompanha nesta vida, seja a que distância for... simplesmente está lá de verdade e sabemos quem está! Ganhei a sabedoria de saber de verdade o que é a importância da nossa família, de sangue e de coração. Aprendi a sentir saudades de verdade, aquelas saudades que nos dão vontade de  mandar o tapete ao chão e fazer uma birra como se tivesse a idade da minha filha de 3 anos! Perdi aquele acto de agarrar no telemóvel e enviar uma mensagem a perguntar "tomamos café hoje, ou vamos às compras sem comprar nada?" :) Mas ganhei a garra e a determinação de fazer novas amizades, de transportar a minha maneira de ser comunicativa para um país diferente, com um idioma diferente, que eu conhecia apenas de ouvido! ;) lol Aprendi que não há barreiras linguisticas, se realmente quisermos travar amizades e conhecer pessoas novas! Aprendi (ou fui forçada) a perder alguma vergonha e atirar-me de cabeça! Perdi aquele sentimento natural "se queres ser meu amigo fala comigo", e ganhei a persistência de "me fazer ver" de mostrar como sou, para que aí sim, se quiserem sermos amigos... porque quando estamos no nosso país tantas são as pessoas perto, que confesso que não damos tanto valor à "vitória" de fazer uma nova amizade... Perdi o meu trabalho (por opção atenção!) para entrar nesta aventura com marido e filha, ganhei uma visão de trabalho diferente, que me permite conhecer muito melhor as pessoas que sigo, da forma que muitas vezes em gabinete na corrida contra a próxima marcação, não nos deixa. E conheci assim a forma que mais gosto de trabalhar... Aprendi o que é viver num pais com novas culturas e hábitos, o choque que representa o não estar na Europa! Perdi de verdade, o sentimento que nós portugueses quase todos temos "que o que é de fora é que é bom!" Aprendi a gostar de Portugal de verdade, de paixão, a sentir cada vez mais orgulho no nosso cantinho pequenino, mas tão rico, à beira mar plantado! Mesmo com a realidade que passa o pais neste momento... Aprendi o que é ter sangue lusitano, perdi a capacidade de aceitar qualquer coisa que seja negativa sobre Portugal! ;) Aprendi a emocionar-me e arrepiar-me de sentimento, com o som de um fado... Aprendi o sabor maravilhoso que é caminhar por Buenos Aires e de repente ouvir falar "português  de Portugal", aprendi também o que representa esta expressão "português de Portugal"! :)
Perdi a necessidade obrigatória de ter um carro para me mexer! Aprendi a caminhar a pé, aprendi que todas as distâncias longas afinal são já ali! ;)
Aprendi a mudar de casa de uma forma mais fácil, perdi manias de transportar certos objectos atrás... lol Mudei de casa recentemente e perdi a lista dos livros que tinha para colocar aqui no Cemitério, que fiz no Natal de 2013!!! :S Assim aviso que os livros que estavam em standby para entrar aqui, continuam neste modo até próxima ida a Portugal!! :S lol Perdi a possibilidade de viajar por corredores como os da Fnac e me perder a ver e espreitar os livros, mas aprendi a viajar pelas livrarias (lindaaaas!!) argentinas, ao ponto de  começar a adquirir livros em espanhol... ;)
Aprendi a "aceitar" a realidade de ter uma filha que entende a sua língua materna, mas que se expressa em castelhano!! :P lol
Aprendi a sentir saudades de ti Portugal, mesmo sabendo que estou melhor aqui neste momento!


Aprendi a perder acontecimentos de Portugal, como o que hoje inicia e que me custa horrores perder!!!!!!!! Feira do Livro de Lisboa!!! Se alguém quiser fazer como no ano passado, pode sempre enviar-me fotos da Feira do Livro de Lisboa!! ;) Boa?

...

No fundo aprendi que as perdas muitas vezes são ganhos, ambos necessários! :)
E estes foram simples exemplos que me lembrei sem pensar muito, na realidade de quem vive fora do seu pais de origem! :) Existem muitas mais! :)

Boas leituras! :)