Google+ Badge

Cemitério dos livros lidos...

Cemitério dos livros lidos...

Introdução ao Blogue

Porque muita gente associa "cemitério" a algo triste, quero desde já tirar essa ideia em relação a este blog ;) A ideia deste blog é simplesmente arrumar num cantinho especial e cuidado todos os livros que leio, afinal não é isso que fazemos com as pessoas das quais temos que dizer adeus? E por achar que todos eles são especiais e não nos aparecem na vida por acaso... já alguma vez ouviram um livro chamar-vos para a leitura? ;) Não? Então estejam atentos e vão ver como não o escolhem ou apareceu nas vossas mãos por acaso...;)

E sendo a vida no fundo um livro em branco, escrito por nós todos os dias, lembrei-me de "porque não ter um espaço de conversas entre livros sem ser sobre livros", onde possamos falar da actualidade, pensamentos, filhos, dúvidas, receios e partilhas? Ainda mais tendo em conta que sou uma portuguesa de gema, a viver em Buenos Aires... com uma filha pequena, que entende os pais em português, mas se expressa em "portenho"!!! :S lol

E já agora, porque não falarmos e deixarmos entrar um pouco também a minha profissão?... Nutricionista!;) São novas ideias para o ano de 2015 e penso sempre, se é para sonhar que seja em grande! ;)

E quem queira deixar um ou vários livros aqui basta seguir o que está escrito um pouco mais abaixo, do lado esquerdo! ;)

Espero que regressem várias vezes a esta divisão da net! ;)
Boas leituras! :)

Regras do Cemitério...

Eu respondo sempre aos vossos comentários, por isso se não tiver comentário de resposta... é porque ainda não li!;)

Toca a enviar livros ou então entrar apenas para conversar!!;) Vamos fazer deste cemitério um espaço cheio de vida!!;)

sábado, 4 de maio de 2013

Livro Nº2: Labirinto de Mágoas - Daniel Sampaio

(Estas Oreo foi uma descoberta que fiz esta semana por estas bandas... Duo! Ou seja aquele creme branco normal, tem uma mistura com doce de leite...hummm, uma verdadeira tentação confesso!!!:P lol)



Daniel Sampaio... para ser muito sincera, não sou pessoa de ter ídolos e como tal idolatrar verdadeiramente alguma pessoa ao ponto de seguir / acompanhar a sua vida / trabalhos, etc. Os ídolos na adolescência não contam, ok?? Mas curiosamente, foi na minha adolescência que descobri este grande senhor, doutor, professor, médico...Homem! Quando em 1994 o livro "Inventem-se Novos Pais" chegou até às minhas mãos, e com muita tristeza minha não me consigo lembrar nem como nem porquê. Senti que a minha vida tinha mudado, que silenciosamente tinha encontrado uma espécie de ídolo a seguir. "Ídolo" poderá ser uma palavra demasiado forte, mas acho que compreendem. E a verdade é que passados, talvez já 19 anos, diria que o continuo a seguir e tenho praticamente todos os livros dele! :) Depois deste primeiro, foi inevitável não procurar para trás e ler os que ele já tinha escrito... guardo ainda hoje comigo de forma abstrata, pois estes não os tenho, "Vozes e Ruídos", "Ninguém morre sozinho" (como eu gostei deste livro!!). E desde "Voltei à Escola" editado em 1996 posso dizer-vos que os tenho todos, apenas com uma interrupção que nem dei por ela, no ano passado publicou 2 livros que desconhecia e só agora vi escritos neste livro... Pai "falhas-te"! ;) lol Isto porque nem sei como nem porquê, nasceu uma espécie de tradição não combinada, apenas constatada naquele silêncio mágico entre Pai e Filha!;) Muitos dos livros que tenho foram ofertas do meu Pai!:) E na última ida a Portugal, eu mais uma vez fora das novidades dos livros desta pessoa que tanto admiro, o meu Pai ofereceu-mo como prenda de aniversário!;) Pelo que contei, dá para explicar que o titulo do livro nada tem a ver, com alguma mensagem para a minha relação, mas sim pela tradição silenciosa entre Pai e Filha!!;) E como eu tinha saudades de ler as palavras deste senhor... eu juro um dia se tivesse a oportunidade de passar uma tarde, tomar um café que fosse com este senhor, não lhe perguntava nada, apenas lhe dizia "fale!" só isso! :)
E é tão bom sentir aquela admiração que temos por uma pessoa, crescer à medida que vamos crescendo na nossa vida! Ontem foi isso que senti, e mais, percebi e constatei que estes livros acompanharam o meu crescimento como ser humano, como mulher. Primeiro adolescente, depois inicio da idade adulta, depois "A Razão dos Avós" quando tive a minha filha, porque é e foi importante ver como os avós têm e devem sempre ter uma presença (que nem sempre precisa de ser estar ao lado todos os dias) constante na nossa vida! :) Sempre tive essa ideia para a minha filha, talvez por eu ter tido essa sorte, assim como o  meu marido. Embora ao contrário dele não tenha vivido com a  presença dos meus avós todos os dias fisicamente, a verdade é que mesmo numa altura em que nem um terço da evolução da tecnologia estava como hoje está, nunca os senti longe, muito pelo contrário. E agora volto a encontrar a minha vida de braços dados com o "Labirinto de Mágoas" que fala sobre o casamento, sobre o que está detrás das cortinas do grande palco do amor e da felicidade. Sim cheguei ao fim do livro...
Não que tenha aprendido algo propriamente novo, mas a paz que este senhor nos dá ao ler, ao sentir os nossos pensamentos dispersos no tempo de repente presos no tempo certo e ordenados... Não consigo descrever. Admiro-o sim, já o tinha dito, mas hoje digo com alegria que o continuo a admirar e muito! Se antes de ler este livro pensava que se tivesse a oportunidade de um dia me sentar com este grande senhor, em qualquer lado que fosse, num café que fosse diria simplesmente "Fale!", hoje corrijo, diria antes isto: "Obrigada por ser aquela bengala invisível que nos indica que temos os pensamentos alinhados no rumo correto da estrada da vida, desde sempre! Agora simplesmente fale por favor, sou toda ouvidos!" Às vezes pergunto-me se estas pessoas têm a verdadeira noção do impacto que têm na vida, não de quem os procura clinicamente neste caso, mas como no meu caso de quem o lê ao longo da vida...:) Os livros deviam trazer uma porta de ligação ao escritor!:P lol Sim eu sei... coitados deixariam de ter tempo para escrever novos livros só de lerem os mails, isto sem falar se respondessem!!:P ahahah
Como sempre deixo umas frases que me marcaram por várias razões e que já estão na minha mega "agenda literária"!!;)

"No que diz respeito ao amor, andamos todos às escuras."


"Não é possível ter uma relação estável sem turbulências."


"Compreender o passado é entender o presente e consolidar o futuro."


"(...) porque os modelos familiares determinam muitos aspetos importantes das nossas vidas."


"Com algumas surpresas - nunca se sabe o que se passa na intimidade de uma relação - percebi que a satisfação no casamento de longa duração é possível, embora difícil, porque exige um permanente trabalho de atenção e cuidado com o outro."


E não posso deixar de referir / copiar também esta passagem:

"Dedico 10 propostas finais a todos os casais que já mudaram e a todos aqueles que lutam pela mudança. Contra o labirinto de mágoas da crise do casamento, eu sugiro: "

A primeira e talvez a mais marcante para mim, mereceu foto e porque andei um tempo esquecida disto... quando era isto mesmo que me estava a fazer falta! Descobri que a minha hora é às 10h!;) E a vossa?

Fim!

NOTA: este texto foi tirado do meu blog pessoal, pois li este livro de 19 de Abril a 1 de Maio de 2013
Não posso deixar de achar irónico ter comentado aquela minha ideia de os livros terem uma porta de ligação para com os escritores e hoje ter tido a honra de ter tido um comentário da escritora do livro que estou a ler no momento... Vida mágica esta!!;)
Boas leituras!!:)

8 comentários:

  1. Tenho e já li um ou dois livros dele, mas devo confessar que não é um dos meus autores favoritos, embora como pessoa me pareça interessante.
    Não vou por isso, comentar a obra até porque já li os livros há algum tempo e, como já deves ter sentido também, as sensações nem sempre são as mesmas quando repetimos a leitura de uma obra.
    Gostei de ler o teu comentário e isso também foi uma forma de me motivar para o reler ou apreciar títulos mais recentes.
    Agora que temos a feira do livro ali na Praça de S. João Baptista (vá lá não fiques triste, pode ser que apareça por lá algum com "cara" de Ana, ou Banza ou Luísa... ;) LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) Tita que bom que é ver-te por aqui!!!
      Acreditas que nunca reli um livro? Ando com vontade de reler um que tu sabes qual é ;) Mas no fundo acho que nunca o fiz, por isso mesmo que disseste, as sensações devem ser muito diferentes... e logo eu que gosto tanto de acreditar que lemos os livros sempre no momento certo... que o "chamamento" nunca é feito ao acaso! ;)
      Há uma Feira do Livro nem Almada????? :( Saber essa noticia depois de ler um mail do Daniel Sampaio a agradecer as minhas palavras aqui no blog... a "convidar-me" para no dia 1 de Junho ir à Feira do Livro à sessão de autógrafos dele e lançamento do seu novo livro... não sei que mais me pode acontecer hoje dentro do maravilhoso mundo literário!!!!:))))) O irónico de tudo é estas duas noticias me deixarem tão feliz e tão frustrada ao mesmo tempo, por não poder presenciar nenhuma delas... :S Oh vida complicada esta!!! :P
      Beijinhos!!!

      Eliminar
  2. Fantástico Ana!
    Mas tu mereces!!!!
    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Tão bom, um email do "ídolo" :).
    Realmente as novas tecnologias aproximam tanto as pessoas, que maravilha!
    Não conheço nada do Daniel Sampaio mas tenho uma optima impressão dele, gosto de ouvi-lo.
    A minha hora? Sem dúvida 23:00. Hoje, a essa hora, hei-de pensar melhor no "encontro com o meu íntimo" (bolas isto dito ali em cima soa diferente do que dito assim, aqui, por mim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) ahahahah A esta hora que consegui finalmente vir aqui a este cantinho já tiveste a tua hora!:) Espero que te tenha ajudado a sentir bem, a sentir a vida com mais "ordem e lógica"!;) Eu hoje tive um dia tão a correr que a "minha hora" foi um pouco diferente e quase que não dei por ela de forma consciente, mas agora que a casa está calma e te escrevo... estou aqui a pensar como a vida é mágica, pois na minha hora de hoje fugi para uma livraria para fazer tempo de espera (pouco) e senti o primeiro chamamento numa língua diferente que a nossa língua mãe...;) mas em breve haverá post aqui!!;)
      E quanto ao mail...ainda hoje ás vezes dou por mim a reler o mail para ver que foi mesmo real!;) tens de ler um dele... mas olha quando for a Portugal vejo lá em casa qual será "o melhor", "dale"?;)
      Beijocas

      Eliminar
  4. Combinated dear!
    Já li Saramago e Neruda em castelhano.... adorei! (adoro castelhano)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? :P Aqui Saramago é o que consigo encontrar mais... de resto dos nossos escritores, nem vê-los!:(
      Vamos lá ver como me safo a ler catelhano, ou "castejano" como dizem cá...;) ehehe
      Bom dia!!:)

      Eliminar