Google+ Badge

Cemitério dos livros lidos...

Cemitério dos livros lidos...

Introdução ao Blogue

Porque muita gente associa "cemitério" a algo triste, quero desde já tirar essa ideia em relação a este blog ;) A ideia deste blog é simplesmente arrumar num cantinho especial e cuidado todos os livros que leio, afinal não é isso que fazemos com as pessoas das quais temos que dizer adeus? E por achar que todos eles são especiais e não nos aparecem na vida por acaso... já alguma vez ouviram um livro chamar-vos para a leitura? ;) Não? Então estejam atentos e vão ver como não o escolhem ou apareceu nas vossas mãos por acaso...;)

E sendo a vida no fundo um livro em branco, escrito por nós todos os dias, lembrei-me de "porque não ter um espaço de conversas entre livros sem ser sobre livros", onde possamos falar da actualidade, pensamentos, filhos, dúvidas, receios e partilhas? Ainda mais tendo em conta que sou uma portuguesa de gema, a viver em Buenos Aires... com uma filha pequena, que entende os pais em português, mas se expressa em "portenho"!!! :S lol

E já agora, porque não falarmos e deixarmos entrar um pouco também a minha profissão?... Nutricionista!;) São novas ideias para o ano de 2015 e penso sempre, se é para sonhar que seja em grande! ;)

E quem queira deixar um ou vários livros aqui basta seguir o que está escrito um pouco mais abaixo, do lado esquerdo! ;)

Espero que regressem várias vezes a esta divisão da net! ;)
Boas leituras! :)

Regras do Cemitério...

Eu respondo sempre aos vossos comentários, por isso se não tiver comentário de resposta... é porque ainda não li!;)

Toca a enviar livros ou então entrar apenas para conversar!!;) Vamos fazer deste cemitério um espaço cheio de vida!!;)

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Despedi-me do facebook e...

... decidi apostar em "novas" ideias, ou talvez possamos dizer "ideias adormecidas". Gosto de escrever, amo ler, gosto de partilhas, de ouvir, falar ou ler experiências de seres humanos! Pessoas normais! 

E há muito que o facebook deixou de ser para mim uma divisão de descontracção... onde podemos falar à vontade sem ter de estar a pensar no que vão pensar e comentar. Onde no fundo, antes até conseguia encontrar estas coisa que mencionei... que estando nós longe de "casa" procuramos mais ainda! A vida virtual de todos no facebook começou a parecer-me demasiado irreal e demasiado fantasiosa, onde todos são e têm vidas perfeitas e felizes, onde há uma necessidade doentia de mostrar ao mundo como são felizes...e depois quando acontece algo menos bom, parece uma catástrofe e são as pessoas mais azaradas do mundo... e se aguardam loucamente comentários e abraços virtuais... ou melhor dizendo "likes"!! Todos podem dizer disparates, muitas vezes graves, que vão existir sempre os famosos "likes". Atenção isto não é um critica a quem usa o facebook, eu usei durante muito tempo e esta decisão foi recente, simplesmente porque para mim deixou de fazer sentido, fazia por estar longe e gostar de "saber" como andava a vida dos que estão longe, sentir-me um pouco mais perto... mas enganei-me... percebi que é uma ilusão, que as noticias da vida de quem realmente gostamos e gosta de nós, não chega de verdade pelo facebook! ;) Comecei a ter a sensação assustadora que o facebook era algo como uma máquina que nos colocou a "todos" dentro de um "Big Brother"... :S ou algo como aquele filme "The Truman Show"... e não gostei da sensação... Ouvir a frase "viste o que aconteceu a x?" à qual a minha resposta foi "Não, hoje não liguei o facebook!"... foi a ficha que me caiu...!!  :s 
E decidi acordar este blog meio adormecido e deixá-lo crescer um pouco mais para lá dos livros. Espero que encontrem aqui um espaço de partilhas literárias e partilhas de vida, sem aplausos nem "concordâncias" garantidos, simplesmente um espaço aberto onde se pode falar de tudo livremente! :) O espaço está em aberto... ;)
Boas leituras!

7 comentários:

  1. Partilho da mesma opinião. O Facebook oferece muitas vantagens, como referiu, mas também é uma bolha virtual. Quem está fora dela simplesmente não existe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade smile... talvez por isso agora acredite que voltei a ter uma "vida privada" e respiro melhor! ;) eheheheh
      Boas leituras!:)
      (nota - não precisa de me tratar por você! ;) )

      Eliminar
  2. É uma sensação de liberdade! Eu tenho o meu abandonado e por estes dias também vou despedir-me dele! Não preciso do facebook para existir. Se precisasse estava mesmo mal :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Ah, e para elogiar a mudança no visual do blogue! Está perfeito! Mais leve, com boa energia! Gostei muito! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! :)
      Parece que ando em mudanças pequenas na minha vida, mas no fundo são estas que muitas vezes são as mais importantes, para nos fazerem sentir bem e dar-nos força! ;)
      Boas leituras! :)

      Eliminar
  4. Olá

    Nunca fui adepta do facebook, e sempre me incomodou que digam "que é bom para reencontrar ou não perder contacto com amigos", isso é uma mentira do pior (:P)quem é nosso amigo de verdade, por maior que sejam as distâncias ou dificuldades, não se perde de nós. Sendo o mais sincera possível, talvez a verdade seja que nunca tive porque tenho a noção que uma das coisas que mais sinto necesidade de partilhar são as minhas angústias, e ninguém se interessa por pessoas poucos felizes. Respeito quem tem, a mim não me diz nada. Criei o blogue para pôr em palavras aquilo que sinto (dentro das minhas limitações na escrita), faz-me bem ser eu sem os filtros criados pelo conhecimento que temos de quem está do lado de lá! E agora vou parar de ser chata.

    Beijos, gosto de te ler*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Canca! :)
      Adorei..."(...) faz-me bem ser eu sem filtros criados pelo conhecimento que temos de quem está lá do lado de lá!" ;) É isso mesmo que sinto e foi uma das razões, quando queremos escrever, ou comentar algo e começamos a pensar em quem vai ler, etc, etc e depois lá se vai a vontade de escrever e de expor a nossa opinião... aqui no blog é diferente... Sou eu ponto final, quem me quer ler fico feliz, quem não quero não é obrigado! ;)
      Boas leituras e obrigada pelo teu comentário! ;)

      Eliminar