Google+ Badge

Cemitério dos livros lidos...

Cemitério dos livros lidos...

Introdução ao Blogue

Porque muita gente associa "cemitério" a algo triste, quero desde já tirar essa ideia em relação a este blog ;) A ideia deste blog é simplesmente arrumar num cantinho especial e cuidado todos os livros que leio, afinal não é isso que fazemos com as pessoas das quais temos que dizer adeus? E por achar que todos eles são especiais e não nos aparecem na vida por acaso... já alguma vez ouviram um livro chamar-vos para a leitura? ;) Não? Então estejam atentos e vão ver como não o escolhem ou apareceu nas vossas mãos por acaso...;)

E sendo a vida no fundo um livro em branco, escrito por nós todos os dias, lembrei-me de "porque não ter um espaço de conversas entre livros sem ser sobre livros", onde possamos falar da actualidade, pensamentos, filhos, dúvidas, receios e partilhas? Ainda mais tendo em conta que sou uma portuguesa de gema, a viver em Buenos Aires... com uma filha pequena, que entende os pais em português, mas se expressa em "portenho"!!! :S lol

E já agora, porque não falarmos e deixarmos entrar um pouco também a minha profissão?... Nutricionista!;) São novas ideias para o ano de 2015 e penso sempre, se é para sonhar que seja em grande! ;)

E quem queira deixar um ou vários livros aqui basta seguir o que está escrito um pouco mais abaixo, do lado esquerdo! ;)

Espero que regressem várias vezes a esta divisão da net! ;)
Boas leituras! :)

Regras do Cemitério...

Eu respondo sempre aos vossos comentários, por isso se não tiver comentário de resposta... é porque ainda não li!;)

Toca a enviar livros ou então entrar apenas para conversar!!;) Vamos fazer deste cemitério um espaço cheio de vida!!;)

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Não sou de dizer não a mudanças mas...

Há mudanças que me custam... :( Quando começamos a aproveitar o facto, de o ser mais novo da casa, já se concentrar em histórias maiores, e aproveitando uma prenda do Natal de 2013 que lhe foi oferecida por uma grande Amiga minha, e assim abrindo as portas a um mundo que também eu o vivi e adoroooo, entrámos no mundo da Anita!... Quem não se recorda destes livros? Quem não se recorda desta menina e suas aventuras? Fiquei contente quando lhe foi oferecido este livro, e vi que estava "mais moderno", diria até, mais actual!, Ok, ficava bem, parecia-me bem! :) E claro nestes últimos tempos comecei a pensar e a planear comprar mais na nossa próxima ida a Portugal e nada como primeiro ir investiga no site da Fnac... e claro dei de caras com uma mudança que quase me quebrou as lembranças de infância...

Texto e foto do Jornal Sol:

"O nome da Anita mudou, mas as histórias não. A célebre personagem que o ilustrador Marcel Marlier e o escritor Gilbert Delahaye criaram em 1954 está de regresso às livrarias portuguesas com o seu nome original, Martine.

"O nome Anita fica para trás, mas as histórias continuam com o mesmo encanto de sempre", anuncia em comunicado a editora Zero a Oito, responsável pela edição das novas traduções destes populares livros infantis no mercado editorial português.

E porque mudou a Anita de nome? Segundo Simon Casterman, director financeiro da editora-mãe da personagem, chegou "a altura de fazer algumas alterações na vida de uma das mais queridas figuras femininas da literatura para crianças", ideia que Casterman reforça acrescentando que muitos editores e tradutores com quem falaram concordaram que estava na altura de fazer uma nova tradução.


Os primeiros 10 livros de histórias já estão à venda em Portugal, e até ao final do ano está planeado o lançamento de mais 16 livros da Anita, que agora se chama Martine."

...:S... Não digo que não a mudanças... mas... há mudanças que são impossíveis de gostar... :( Até entendo que a Anita sempre se tenha chamado Martine, mas... para
mim e mais familiares meus, familiares esses de quem eu aproveitei os livros e eram meus companheiros das férias de Verão no Alentejo... A menina que existe nas nossas memórias nunca será a Martine... :( A Martine será com toda a certeza uma personagem da vida da minha filha, mas não será a mesma da mãe dela! 
Disse-lhe que lia os livros da Anita como aquele que lhe leio, e agora como lhe explico que afinal a Anita que ela vai conhecer já não existe? Ou melhor, existir até existe, mas mudou de nome... pois a cara é exactamente a mesma!!:S Bahh! E assim se quebram tradições em nome de quê? Do dinheiro? Da ganância de vender  mais e fazer mais dinheiro? :( Há mudanças que não gosto mesmo!! :( Porquê mudar uma história de tradição entre gerações, ainda por cima uma história de sucesso? Chegou "a altura de fazer algumas alterações na vida de uma das mais queridas figuras femininas da literatura para crianças" ??? Claro vamos mudar-lhe o nome, tal e qual como se pode fazer na vida real... já imagino a minha filha um dia a pedir-me "mãe posso mudar de nome, como a Anita?"... :S Exagero, talvez, mas dá que pensar! Não gostei... :( Acho que vou procurar em mercados de livros usados etc, pelas histórias da Anita... da "minha" Anita! Já que eu nunca tive nenhum, li os da minha tia que tinha vários! :) Por acaso alguém conhece algum local onde os possa procurar? ;) 
Resta-nos ficar descansados por os livros de "Uma Aventura" serem portugueses e não precisarem de tradução para nós... ahh!! Será que com a grande ideia (idiota) do novo acordo ortográfico, estes livros podem passar a chamar-se algo como...ok, ok, não é um bom exemplo, uma aventura é igual em Portugal ou no Brasil! ;) :P lol Foi só um pensamento "mázinho" carregado por este acordo idiota!!

E desse lado, qual a opinião desta mudança? :)
Boa semana e boas leituras! :)

6 comentários:

  1. Eu concordo consigo, Luísa. A mudança do nome não faz nenhum sentido, até acho que será contraproducente. A compra deste livro é incentivada, sobretudo, pelas mães que, na sua infância, se divertiram com as histórias da Anita e se identificaram com ela. A Anita será sempre a Anita no nosso imaginário. Não vejo, sinceramente, qual é a vantagem em trocar o nome pelo original em francês. Gera alguma descontinuidade e porá, eventualmente, em causa a tal identificação que referi. Quanto à aquisição da coleção mais antiga, costumo ver alguns à venda em feiras de livros usados.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É exactamente o que eu penso Miss Smilie! ;( Se fosse uma colecção de agora, era uma coisa, mas a Anita, é a Anita... a que eu quero mostrar à minha filha, a figura com quem eu cresci também e mais, também com quem aprendi o gosto pela leitura! :( Vou procurar feiras de livros usados quando for a Portugal! ;) Embora o tempo quando vou aí seja sempre tão curto independentemente da duração que tenha! :(
      Boas leituras!:)

      Eliminar
  2. Luísa, também eu me recordo muito bem dos livros da Anita. Acredito que muito pouca gente não os conheça. Livros que foram passando de geração em geração, portanto, é natural que a maioria não goste desta mudança de nome. Eu não gosto. E sim, se tivesse uma filhota iria tentar oferecer livros onde o nome se mantivesse. Anita. Anita é o nome original aqui em Portugal e, para mim, na minha memória, Anita, ficará para sempre.

    Quanto ao local para encontrar livros usados com o nome Anita, devem existir muitos. Talvez feiras. Particulares que queiram vender... Não sei. É fazer uma pesquisa na net :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo!! Anita é Anita! ;) Vou procurar na net também sim, pelos livros de segunda mão da Anita! ;)
      Boas leituras!:)

      Eliminar
  3. Boa tarde, nunca li os livros da Anita, mas recordo a existencial deles e da muita popularidade que tinham.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!:)
      Digamos que são daqueles livros bons para se passar de geração em geração...e que já existiam há anos!!! É uma pena que se quebra essa "passagem" , no meu caso como mãe para filha! :( Pois a menina continua a mesma, a cara não muda, mas muda de nome... :(
      Boas leituras!:)

      Eliminar