Google+ Badge

Cemitério dos livros lidos...

Cemitério dos livros lidos...

Introdução ao Blogue

Porque muita gente associa "cemitério" a algo triste, quero desde já tirar essa ideia em relação a este blog ;) A ideia deste blog é simplesmente arrumar num cantinho especial e cuidado todos os livros que leio, afinal não é isso que fazemos com as pessoas das quais temos que dizer adeus? E por achar que todos eles são especiais e não nos aparecem na vida por acaso... já alguma vez ouviram um livro chamar-vos para a leitura? ;) Não? Então estejam atentos e vão ver como não o escolhem ou apareceu nas vossas mãos por acaso...;)

E sendo a vida no fundo um livro em branco, escrito por nós todos os dias, lembrei-me de "porque não ter um espaço de conversas entre livros sem ser sobre livros", onde possamos falar da actualidade, pensamentos, filhos, dúvidas, receios e partilhas? Ainda mais tendo em conta que sou uma portuguesa de gema, a viver em Buenos Aires... com uma filha pequena, que entende os pais em português, mas se expressa em "portenho"!!! :S lol

E já agora, porque não falarmos e deixarmos entrar um pouco também a minha profissão?... Nutricionista!;) São novas ideias para o ano de 2015 e penso sempre, se é para sonhar que seja em grande! ;)

E quem queira deixar um ou vários livros aqui basta seguir o que está escrito um pouco mais abaixo, do lado esquerdo! ;)

Espero que regressem várias vezes a esta divisão da net! ;)
Boas leituras! :)

Regras do Cemitério...

Eu respondo sempre aos vossos comentários, por isso se não tiver comentário de resposta... é porque ainda não li!;)

Toca a enviar livros ou então entrar apenas para conversar!!;) Vamos fazer deste cemitério um espaço cheio de vida!!;)

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Livro Nº24: "A Mão do Diabo" - José Rodrigues dos Santos


Livro enviado pela Tânia (prima :) )

Sinopse:

A VERDADE OCULTA SOBRE A CRISE.

"A crise atingiu Tomás Noronha. Devido às medidas de austeridade, o historiador é despedido da faculdade e tem de se candidatar ao subsídio de desemprego. À porta do centro de emprego, Tomás é interpelado por um velho amigo de liceu perseguido por desconhecidos. O fugitivo escondeu um DVD escaldante que compromete os responsáveis pela crise, mas para o encontrar Tomás terá de decifrar um criptograma enigmático.
O Tribunal Penal Internacional instaurou um processo aos autores da crise por crimes contra a humanidade. Para que este processo seja bem-sucedido, e apesar da perseguição implacável montada por um bando de assassinos, é imperativo que Tomás decifre o criptograma e localize o DVD com o mais perigoso segredo do mundo.


Numa aventura vertiginosa que nos transporta ao coração mais tenebroso da alta política e finança, José Rodrigues dos Santos volta a impor-se como o grande mestre do mistério. Além de ser um romance de cortar o fôlego, A Mão do Diabo divulga informação verdadeira e revela-se um precioso guia para entender a crise, conhecer os seus autores e compreender o que nos reserva o futuro."


Palavras de quem me enviou o livro:

"Apenas uma palavra acerca deste Livro “GENIAL”… para quem anda de olhos fechados relativo a todos estes anos de crises económicas e politiquices da nossa chamada Democracia, delicie-se e dedique-se neste pequeno Submundo da Mão do Diabo onde de repente tudo fica mais claro e apetece-nos reinventar novos Políticos, novos mundos de Pessoas e aqueles em que votámos, porque votamos sempre em alguém quando não votamos em Branco, são todos sem exceção uns abutres das nossas carcaças, com a diferença de que estamos a ser comidos ainda vivos!!!
Escrita Soberba, investigação admirável e aplausos para cada “ficção” aqui apresentada!
De tudo a minha frase favorita é mesmo a do fim do livro que junto envio a foto “Para que o mal triunfe basta que os homens bons nada façam” Edmund Burke"


Este é um escritor que terá muitos livros, senão todos (lol), aqui no cemitério, uma vez que sou fã dos seus livros, ao ponto de ter uns dois livros dele que ainda estão por ler. Sobretudo adquiridos na Feira do Livro de Lisboa, no livro do dia!:P Pois se os seus livros são "calhamaços", infelizmente o preço também acompanha a onda... :S Mas gosto muito da sua escrita, embora sempre que leio um livro dele, tenho de fazer uma pausa para voltar a ler outro. Mas hoje é dia de falar deste livro que deu entrada aqui no nosso cantinho... Já ouvi falar maravilhas deste, seguindo o mesmo caminho que a opinião da minha prima "ideal para quem não percebe nada de economia e toda esta crise!" ou seja alguém como eu, talvez por isso o meu próprio Pai me tenha sugerido a sua leitura, pois também ele adorou e leu em 2 ou 3 dias!!!;) lol... Por isso sim, está nos "desejos literários"! ;) 
Obrigada prima pela partilha!! :) 
Acredito que exista mais gente desse lado que já o tenha lido... será que estou certa?;)

Aproveito para pedir para quem não conseguir comentar, que me escreva um mail luisabrba@gmail.com pois já sei que algumas pessoas estão a ter dificuldades com isso... :( E logo a mim que adoro ter comentários e quero ao máximo que este blog se transforme numa grande sala de conversa de livros para todos os gostos!;) Quem sabe uma biblioteca de sugestões e opiniões online..... ;) Sigo sempre a minha máxima que aprendi no mundo literário de Fernando Pessoa... se é para sonhar que seja em grande!!;) Mas para isso preciso da vossa ajuda para espalhar a palavra!!;)

Boas Leituras!:)

21 comentários:

  1. Gosto muito deste autor,tenho alguns livros dele.
    Ainda não li 'A Mão do Diabo',mas está na lista...

    ResponderEliminar
  2. Este é um dos livros que estão no topo da lista. Infelizmente os livros do JRS nunca são baratos e tenho de esperar que ele chegue à biblioteca. Mas sei que a espera vai valer a pena. :)
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é!:( Dai eu ter aproveitado sempre para ter comprado os livros dele na Feira do Livro de Lisboa, quando estava em livro do dia. Razão pela qual ainda tenho em Portugal livros dele por ler, comprados há uns dois / 3 anos!:P lol
      Beijinhos!:)

      Eliminar
  3. Amiga..
    Não conhecia a história deste livro, mas agora que já tenho uma ideia com certeza irá ser um livro a adquirir.
    Já li outros livros dele, e gostei apesar de achar que os que li (excepto a Ilha das Trevas) estavam a seguir um bocadinho a mesma linha do Dan Brown, mas como sempre tenho livros dele para ler lá em casa e que ainda não consegui.
    Beijocas!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se tiveres "A Filha do Capitão", lê! ;) Gostei muito e foge da linha do Dan Brown, eu também cheguei a ter essa ideia dos livros dele a uma dada altura!;) lol
      Beijocas

      Eliminar
  4. Eu quero muito ler esse livro mas para isso tenho que acabar de ler o que está na minha mesa de cabeceira primeiro :)

    R: Se ficaste revoltada com o casamento vermelho então prepara-te porque ainda vai haver mais motivos de revolta! Acho que o autor dos livros que inspiraram a série tem prazer em matar as personagens que eu mais gosto! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ???? Estás a gozar!!!?? Desculpa, mas é que a tua resposta ao "meu comentário" no teu blog fez.me logo saltar os olhos e dizer "Oh não!!" :P lol

      Mas voltando ao blog presente, ;) Quando leres vem deixar na mesma a tua opinião aqui, ok? :) E já agora.... quando terminares do que está na tua cabeceira... deixa-me "dar-lhe" um catinho aqui no meu cemitério, boa? ;)
      Beijinhos e aparece mais vezes!!:) Gosto de ver este cemitério com vida!!:)

      Eliminar
  5. Olá

    Já li, e fica aqui a minha opinião, se quiseres visitar http://partilharebom.blogspot.pt/2013/04/acabadinho-de-ler.html

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Eu sou grande fã do José Rodrigues dos Santos há muitos anos. Ainda ele não escrevia. Sempre gostei da maneira de ser dele enquanto jornalista. Sei que há imensa gente que não gosta nada dele, que afirma mesmo detestá-lo, mas compreendo que as pessoas são diferentes, têm feitios diferentes e, como tal, gostam de maneiras de ser diferentes (ainda assim, acho muito forte alguém dizer que detesta uma pessoa que nem conhece pessoalmente e só viu o seu trabalho... Enfim). Identifico-me imenso com as ideias dele. São muito próximas das minhas. Acho que temos maneiras de ser muito parecidas. Essa razão fez com que chegasse a ter receio de ler os livros dele quando começou a escrever. Receava não gostar da forma de escrever dele, me desiludir e isso acabar por fazer com que a admiração que sempre tinha tido pelo jornalista diminuisse. Depois arrisquei e pensei "Afinal, posso nem gostar da escrita, mas isso não vai modificar o que ele é enquanto jornalista." Então arrisquei e em boa hora o fiz, pois passei a admirá-lo mais ainda, tornando-se no meu escritor favorito. Já li TODOS os livros dele, incluindo os dois que lançou de Conversas de Escritores (entrevistas a escritores) e que são de "morrer a rir" em algumas partes, com as descrições que ele faz da forma como encontrou esses escritores, da impressão que teve deles, etc. Só não li o segundo volume das "Crónicas de Guerra", mas li o primeiro e o terceiro que tem um título específico "A Verdade da Guerra"... Mas esses três de Crónicas não os tenho. Li-os da biblioteca, os dois que li. Os outros tenho-os todos e alguns já os li duas vezes.
    Em relação a este especificamente, A Mão do Diabo, gostei muito, embora me pareça o menos literário de todos. A questão é que o tema é tão forte e tão assustador que deixa pouco espaço para a imaginação. Trata-se de um tema demasiado real, demasiado próximo. Todos os sentimos. Assim sendo, acho que fica pouco espaço para a veia literária. Mas ainda assim, gostei muito. É incrível a preocupação deste autor em que o leitor perceba bem a mensagem. É de louvar. O esforço que ele faz para ser entendido por toda a gente, por todas as camadas soció-culturais é digno de muito respeito. Ou seja, devemos respeito a quem nos respeita a nós. Ele mostra respeito pelo leitor. Desta forma, o leitor deve-lhe respeito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita!!:) Gostei muito de ler este comentário!;) Eu confesso que sempre que leio um livro dele, não vejo a imagem dele! :) Mas no bom sentido! Por isso acredito que não exista a probabilidade de uma pessoa que o admire bastante como jornalista, mude a sua opinião ao ler um livro dele!:) Embora a veia de jornalista esteja sempre presente nos seus livros, ao tentar explicar e mostrar partes de história!:) Eu gosto de ler os livros dele... como já referi tenho muitos dele e alguns ainda por ler!;) E ter vários livros de um escritor por ler, só prova o quando gostamos da sua escrita!:) Espero voltar a encontrar comentários quando colocar os que tenho em Portugal!!;) Já falta pouco!:)
      Um beijinho e até à próxima!!:)

      Eliminar
    2. Obrigada por ter respondido. Gosto de visitar blogs onde os nossos comentários têm feedback :) .Comigo acontece precisamente o contrário. Talvez porque o observo há muitos anos, eu vejo sempre a imagem dele ao longo de todos os livros. Acho que ele é igual :) . Parece-me a mim que ele é uma pessoa tão transparente que se reconhece em qualquer actividade. Chego a sentir que se não soubesse que era ele a escrever os livros e me os passassem para as mãos e eu os lesse saberia imediatamente que tinham sido escritos por ele. Como lhe disse, sou grande fã dele há muitos anos, desde que ele apareceu na RTP. Partilhava essa "paixão" com a minha mãe, que faleceu o ano passado. As pessoas às vezes brincam comigo e tudo. Já me têm perguntado porque tenho uma admiração tão forte por ele. Sei lá?? Umas pessoas gostam do José Mourinho, outras do Cristiano Ronaldo, outras do Tony Carreira... A mim "calhou-me" este :) . Só não gosto quando me atiram piadas de mau gosto porque se trata de uma admiração pura pela pessoa que ele mostra ser. Mais nada.

      Adiante. Eu , como lhe disse, consigo ver a imagem dele ao longo dos livros... Até os gestos do Tomás :) ... O assinalar de números com os dedos (até o indicador e o polegar a fazer um zero..) , falar com os olhos no interlocutor e assinalar/apontar com o dedo para explicar melhor à pessoa o que está a dizer, o franzir de sobrancelhas e o cerrar de lábios que ele muitas vezes descreve no Tomás... Onde é que já vimos isso?. A questão é que acho que não é propriamente propositado. É natural. Acho que aquilo lhe sai naturalmente porque ele sabe como explicaria as coisas se fosse ele. No entanto, a nível de personalidade, salvo alguma distracção que lhe noto, o Tomás tem pouco dele. Mas na forma como ele o descreve a explicar as coisas não tenhamos dúvidas: é ele! Eheheh

      Outra cosia (que ao fim e ao cabo vai na mesma ordem de ideias). Nota-se que ele como pivot tem uma grande preocupação em ser entendido (mais uma vez os gestos e a entoação) e na escrita nota-se essa mesma preocupação. Há mesmo quem o considere um escritor maçudo porque diz a mesma coisa várias vezes, de formas diferentes. Mas isso tem a ver com a preocupação dele em fazer-se entender.
      Um abraço e obrigada por ter respondido.

      Eliminar
    3. :) Olá mais uma vez São! Eu respondo sempre, é o meu sinal a dizer à pessoa que me escreveu que a li!;) Em primeiro lugar quero deixar os meus sentimentos pela sua perda!...
      Mais uma vez sorri ao ler o seu comentário! E concordo, há coisas que não se explicam, admiramos algumas pessoas por várias razões lógicas e muitas razões que na verdade nos fogem da lógica!;) E concordo mesmo que ele tem essa preocupação em tentar fazer com que seja entendido, mas não o acho nada maçudo!;)
      Aproveito para lhe deixar um desafio... porque não colocar mais um livro dele aqui neste cantinho para eu guardar? ;) Pense nisso...
      Um beijinho!!!:)

      Eliminar
  7. Para mim, qualquer livro dele é digno de uma análise e de que se fale dele :) . Mas agora lembrei-me de O Anjo Branco, que é é inspirado na vida do pai dele e que retrata a presença de Portugal em África. Como posso fazer? Mandar-lhe um email com alguma análise?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá São!:)
      Envie-me um mail para luisabrba@gmail.com, com a sua opinião do livro, passagens / frases que gostou, se quiser e tiver o hábito. Enfim escreva tudo o que quiser sobre o livro!;) E se tiver o livro consigo, tira uma foto e envie-me! :) Quanto à sinopse eu tiro da net!;)
      Um beijinho e fica a aguardar! Não li esse, nem o tenho, mas já ouvi falar muito bem!;)
      Um beijinho

      Eliminar
  8. Opinião da Mente Flutuante, sobre este livro:
    Gostei, mesmo. Além da acção propriamente dita, aprendi muito sobre a crise. Confesso que há coisas que se dizem nas notícias que eu não entendo. Palavra que não. E com este livro fiquei bem mais esclarecida. Aconselho a sua leitura. Além da história ser bem empolgante, fala-se de economia com uma linguagem bem mais perceptível.

    "... que os estados usassem o excedente dos tempos bons para reactivar a economia nos tempos maus, mas a verdade é que não havia excedente nenhum. " (...) " ... os países passaram os tempos bons a acumular défices, não sobrara dinheiro para usar em período de crise."

    " - Salários relativamente altos? Os nossos salários são uma miséria!!
    - É verdade. O problema é que, mesmo sendo baixos, são três vezes mais altos que os salários dos chineses, o que faz com que os nossos produtos sejam muito mais caros do que os produtos chineses. Como não temos barreiras que protejam as nossas economias desses produtos, as nossas empresas não conseguem competir com os chineses e estão a fechar, espalhando o desemprego."

    Aqui estão duas das causas da nossa crise, mas há muitas mais, incluindo esquemas de corrupção bem mais engenhosos do que alguma vez poderia imaginar. Leiam e perceberão as tramóias por detrás de cada medida anunciada. Confesso que algumas nem nunca me passariam pela mente.

    ResponderEliminar
  9. Fui apanhada: falta-me esta aventura do Tomás Noronha! Missões cumpridas: "O codex 632", "A fórmula de Deus", "O sétimo selo", "Fúria divina" e "O último segredo". Aprecio a sua construção de enredos, as explicações teóricas e a fundamentação sustentada. Compartilho a dificuldade em custear tanta obra lida e mais ainda por ler (todos os vícios saem caros!) pelo que me socorro do empréstimo de livros, que me perdoem os autores!
    Fizeram bem em lembrar desta obra que terei que ler antes de "A chave de Salomão", cujo lançamento em Portugal será já em outubro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha e eu desconhecia esse lançamento de um novo livro já este mês, já que a minha resposta já vai em Outubro!! Definitivamente acho que nunca vou conseguir ter todos os livros deste escrito lidos!! :P ahahah Para além de outros, alguns da tua lista partilho no grupo dos lidos, como "O Codex 632" e a "A Fórmula de Deus"! :)
      Boas leituras! :)

      Eliminar
  10. Boa tarde,
    Sou uma fã incondicional do JRS, já li todos os livros dele:
    -A Ilha das Trevas.
    -A Filha do Capitão
    -O Codex 632
    -A Fórmula de Deus
    -O Sétimo Selo
    -A Vida Num Sopro
    -Fúria Divina
    -O Anjo Branco
    -O Último Segredo
    -A Mão do Diabo
    -O Homem de Constantinopla
    -Um Milionário em Lisboa
    e até "A Verdade da Guerra".
    Esperei até este mês pelo novo romance "A Chave de Salomão" e já estou desesperada. Alguém me saberá dizer a data correcta de lançamento. Desde Maio que falam no mês de Outubro, mas sem dia específico.
    Esta espera é uma tortura :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vera! :)
      Já li alguns da lista, tenho alguns comigo á espera para serem lidos e mesmo assim ainda me faltam adquirir alguns da lista!! :P lol
      Li que o novo livro do JRS sairá a 25 de Outubro... mas se será verdade confirmada, não sei! :) Parece que teremos de esperar...
      Boas leituras e aparece mais vezes! :)

      Eliminar