Google+ Badge

Cemitério dos livros lidos...

Cemitério dos livros lidos...

Introdução ao Blogue

Porque muita gente associa "cemitério" a algo triste, quero desde já tirar essa ideia em relação a este blog ;) A ideia deste blog é simplesmente arrumar num cantinho especial e cuidado todos os livros que leio, afinal não é isso que fazemos com as pessoas das quais temos que dizer adeus? E por achar que todos eles são especiais e não nos aparecem na vida por acaso... já alguma vez ouviram um livro chamar-vos para a leitura? ;) Não? Então estejam atentos e vão ver como não o escolhem ou apareceu nas vossas mãos por acaso...;)

E sendo a vida no fundo um livro em branco, escrito por nós todos os dias, lembrei-me de "porque não ter um espaço de conversas entre livros sem ser sobre livros", onde possamos falar da actualidade, pensamentos, filhos, dúvidas, receios e partilhas? Ainda mais tendo em conta que sou uma portuguesa de gema, a viver em Buenos Aires... com uma filha pequena, que entende os pais em português, mas se expressa em "portenho"!!! :S lol

E já agora, porque não falarmos e deixarmos entrar um pouco também a minha profissão?... Nutricionista!;) São novas ideias para o ano de 2015 e penso sempre, se é para sonhar que seja em grande! ;)

E quem queira deixar um ou vários livros aqui basta seguir o que está escrito um pouco mais abaixo, do lado esquerdo! ;)

Espero que regressem várias vezes a esta divisão da net! ;)
Boas leituras! :)

Regras do Cemitério...

Eu respondo sempre aos vossos comentários, por isso se não tiver comentário de resposta... é porque ainda não li!;)

Toca a enviar livros ou então entrar apenas para conversar!!;) Vamos fazer deste cemitério um espaço cheio de vida!!;)

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Livros Nº19 e 20: Os Pilares da Terra e Um Mundo Sem Fim - Ken Follett

Segundo a pessoa que enviou estes livro, a mesma opinião se aplica às duas obras, como tal vou seguir a sua sugestão de os apresentar no mesmo post, embora cada um com o seu número!;)

Livro enviado por Mente Flutuante (podem ver o seu blog na minha lista


Palavras de quem enviou o livro...

"Ambos de Ken Follett, "Os Pilares da Terra" e "Até ao Fim do Mundo" são duas obras divididas em dois volumes cada, que se passam na mesma cidade, mas com 200 anos de diferença, sendo que os personagens da segunda obra são descendentes dos personagens da primeira. Posso dizer que a primeira coisa que me vem à mente agora para vos dizer sobre estes livros é: "e nós ainda nos queixamos das nossas vidas".  Aqui acompanhamos a história de diversos personagens ao longo de grande parte das suas vidas, retratando como era viver naquela época. E acompanhamos as suas lutas diárias para conseguir sobreviver, porque na maioria dos casos é disso que se trata. Têm de trabalhar de sol a sol para terem o que comer e em anos em que o clima não ajudasse simplesmente passavam fome. Enquanto que os nobres e o clero tinham sempre banquetes fartos. Se houvesse trabalho havia paga, se não houvesse não havia nada. Não havia fundo de desemprego, subsídios de reinserção social, rendimentos mínimos, banco alimentar, associações de ajuda, nada. Não havia nada. Se adoecessem ou o seu sistema imunitário era muito bom e curavam-se sozinhos ou o mais provável era morrerem, porque os poucos conhecimentos que havia da medicina eram quase totalmente errados. Andavam de dia e de noite com a mesma roupa. Muitos mal se lavavam. E ainda assim conseguiam levantar-se todos os dias, erguer a cabeça, lutar pelos seus objectivos e ter um sorriso na cara. Obviamente que se eu tivesse vivido naquela época achava tudo muito normal. Mas visto de fora não consigo conceber algo assim. Ainda bem que evoluímos, ainda bem que temos tanta coisa à nossa disposição hoje em dia. Ainda bem que podemos tomar banho todos os dias de água quente. Ainda bem que temos roupa lavada suficiente para vestir uma diferente todos os dias. Ainda bem que temos fundo de desemprego. Ainda bem que temos um sistema nacional de saúde e que muitas mentes brilhantes ao longo do tempo foram descobrindo e continuam a descobrir os segredos deste nosso corpo. Sei que me hei-de continuar a queixar de isto ou aquilo, mas espero poder sempre pensar naquelas pessoas e, tal como eles, levantar-me de manhã, erguer a cabeça e sorrir para o mundo. Até ao fim. :)"

Hoje vou fazer ao contrário de deixar as sinopses no fim...

Os Pilares da Terra - Volume 1
«Este é o meu livro mais popular». 
Ken Follett
"Do mesmo autor do thriller "A Ameaça", chega-nos o primeiro volume de um arrebatador romance histórico que se revelou ser uma obra-prima aclamada pela comunidade de leitores de vários países que num verdadeiro fenómeno de passa-palavra a catapultaram para a ribalta.
O seu estilo inconfundível de mestre do suspense denota-se no desenrolar desta história épica, tecida por intrigas, aventura e luta política.
A trama centra-se no século XII, em Inglaterra, onde um pedreiro persegue o sonho de edificar uma catedral gótica, digna de tocar os céus. Em redor desta ambição soberba, o leitor vai acompanhando um quadro composto por várias personagens, colorido e rico em acção e descrição de um período da Idade Média a que não faltou emotividade, poder, vingança e traição.
Conheça o trabalho de um autêntico mestre da palavra naquela que é considerada a sua obra de eleição!
- 90 milhões vendidos em todo o mundo.
- 280.000 exemplares vendidos na Alemanha onde figurou na lista de bestsellers durante seis anos consecutivos.
- 100.000 exemplares vendidos por ano nos Estados Unidos.
- Nº 1 em Itália e no Reino Unido.
- Traduzido em 33 países.
- Os dois volumes de "Os Pilares da Terra" levaram 3 anos e 3 meses a serem escritos.
«Grandiosa e brilhante. Uma magnífica obra épica». 
Cosmopolitan
«Um romance grandioso e fascinante». 
Chicago Sun-Times
«A obra-prima monumental de um escritor de enorme talento». 
Booklist
«Um romance que entretém, instrui e satisfaz em larga escala». 
Publishers Weekly
«Um misterioso puzzle envolvendo um homem inocente». 
ALA Booklist "

Os Pilares da Vida - Volume 2
"Segundo volume da obra-prima de Ken Follett.
Na Inglaterra do século XII, Tom, um humilde pedreiro e mestre-de-obras, tem um sonho majestoso – construir uma imponente catedral, dotada de uma beleza sublime, digna de tocar os céus. E é na persecução desse sonho que com ele e a sua família vamos encontrando um colorido mosaico de personagens que se cruzam ao longo de gerações e cujos destinos se entrelaçam de formas misteriosas e surpreendentes, capazes de alterar o curso da história.
Recheado de suspense, corrupção, ambição e romance, "Os Pilares da Terra" é decididamente a obra-prima de um autor que já vendeu 90 milhões de livros em todo o mundo."

Um Mundo sem Fim - Volume 1 e 2
"Depois do enorme êxito de "Os Pilares da Terra", Ken Follett regressa à cidade de Kingsbridge, mas desta vez cerca de dois séculos após os acontecimentos do primeiro livro. No dia 1 de Novembro de 1327, quatro crianças presenciam a morte de dois homens por um cavaleiro. O sucedido irá para sempre assombrar as suas vidas, mas Merthin, Ralph, Caris e Gwenda ficarão também marcados pelo próprio tempo em que vivem, e em particular pela maior tragédia que assolou a Europa no século XIV, a Peste Negra.
"Um Mundo sem Fim", que a Presença publica em dois volumes, é um épico medieval que está a conquistar os leitores de todo o mundo, tendo registado um total de 26 semanas de permanência entre os mais vendidos do The New York Times."

Nunca li nenhum livro deste escritor! Gostei da tua opinião, Mente Flutuante, assim como a reflexão sobre as diferenças que temos com o passar das gerações e dos tempos... Às vezes dou por mim a pensar se não precisávamos mesmo ir um dia ou dois, a esses tempos para conseguirmos dar mais verdadeiramente valor à vida dos tempos de hoje...  Mas isto são as minhas reflexões e pensamentos!;) 
E desse lado, mais alguém conhece estas obras? ;)

Boas leituras!:)

10 comentários:

  1. Ken Follett é o mestre do suspense. O estilo normal dele são thriller's que nos fazem suster a respiração sem saber o que vai acontecer depois. No entanto, nestas obras, ele tranforma-se num contador de histórias da história, ultrapassando-se completamente. Só um grande escritor consegue algo assim. :)

    ResponderEliminar
  2. Cá em casa, existem todas as obras do Ken Follet!!!

    http://saladosilenciocorderosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sério? ;) Olha agora fiquei surpreendida... para quem diz que "não tem" o hábito de ler como gostava...;) Manda mais deste escritor então!;) lol
      Beijocas

      Eliminar
    2. O leitor cá de casa não sou eu, é ele!!! ;)

      Eliminar
    3. Ahh!! Bem o marido também conta para deixar livros aqui!;)
      Beijocas

      Eliminar
  3. Tens um desafio no meu blog. Passa por lá. :)

    ResponderEliminar
  4. Eh lá.... desafios é comigo!!;) Estou a menos de 1h para ir para o aeroporto, mas vou já espreitar!!!;)
    Beijocas!!!:)

    ResponderEliminar
  5. estou lendo "mundo sem fim" e estou adorando!!!!não tive a oportunidade de ler "pilares da terra" infelizmente ,mas espero poder lê-lo depois!!!!ótimo escritor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Igor!:)
      Obrigada pelo opinião! :)
      Boas leituras

      Eliminar