Google+ Badge

Cemitério dos livros lidos...

Cemitério dos livros lidos...

Introdução ao Blogue

Porque muita gente associa "cemitério" a algo triste, quero desde já tirar essa ideia em relação a este blog ;) A ideia deste blog é simplesmente arrumar num cantinho especial e cuidado todos os livros que leio, afinal não é isso que fazemos com as pessoas das quais temos que dizer adeus? E por achar que todos eles são especiais e não nos aparecem na vida por acaso... já alguma vez ouviram um livro chamar-vos para a leitura? ;) Não? Então estejam atentos e vão ver como não o escolhem ou apareceu nas vossas mãos por acaso...;)

E sendo a vida no fundo um livro em branco, escrito por nós todos os dias, lembrei-me de "porque não ter um espaço de conversas entre livros sem ser sobre livros", onde possamos falar da actualidade, pensamentos, filhos, dúvidas, receios e partilhas? Ainda mais tendo em conta que sou uma portuguesa de gema, a viver em Buenos Aires... com uma filha pequena, que entende os pais em português, mas se expressa em "portenho"!!! :S lol

E já agora, porque não falarmos e deixarmos entrar um pouco também a minha profissão?... Nutricionista!;) São novas ideias para o ano de 2015 e penso sempre, se é para sonhar que seja em grande! ;)

E quem queira deixar um ou vários livros aqui basta seguir o que está escrito um pouco mais abaixo, do lado esquerdo! ;)

Espero que regressem várias vezes a esta divisão da net! ;)
Boas leituras! :)

Regras do Cemitério...

Eu respondo sempre aos vossos comentários, por isso se não tiver comentário de resposta... é porque ainda não li!;)

Toca a enviar livros ou então entrar apenas para conversar!!;) Vamos fazer deste cemitério um espaço cheio de vida!!;)

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Livro Nº1: A Sombra do Vento - Carlos Ruiz Zafón



Claro que este tinha de ser o primeiro a entrar!:) Uma vez que foi "ele" e a sua história que originou o nome e a ideia deste blog! 
Este livro foi lido no mês passado, em breve coloco mais livros aqui que já li este ano! 

Foi o primeiro que li deste escritor, mas posso dizer que fiquei fã da sua escrita e vou certamente ler mais dele. Não é um livro que me tenha prendido logo nas primeiras páginas, foi preciso ser persistente para não ficar pelo caminho, que é simplesmente a pior coisa que me pode acontecer com um livro... Não conseguir terminar! Felizmente são raros! ;) Porém a uma dada altura do livro ficamos presos de tal forma, que cada minuto livre serve para ler mais um bocadinho e ver o que vai acontecer. Acho que é uma escrita muito particular, mas que sem dúvida acabei por ficar fã! :) Foi oferecido por uma Amiga muito querida no meu aniversário do ano passado... que posso já dizer, foi simplesmente o melhor aniversário em termos de prendas, recebi nada mais nada menos do que 11 livros, que trouxe na bagagem para a segunda temporada fora de Portugal!:) Porque o livro para mim é aquele amigo silencioso (embora às vezes fale tanto!)  que está sempre do meu lado para me ajudar nos momentos em que a saudade de "casa" bate mais forte, que me ajuda a organizar ideais, a refletir na vida, a estabelecer desafios e objetivos, porque, porque, porque... Cada livro é uma grande viagem dentro do nosso próprio "EU"! :)

Um pequeno excerto daquelas frases que nos fazem decidir se gostávamos de ler o livro em causa ou não:


"Numa manha de 1945, um rapaz é conduzido pelo pai a um lugar misterioso oculto no coração da cidade velha: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Aí, Daniel Sempere encontra um livro maldito, que muda o rumo da sua vida e o arrasta para um labirinto de intrigas e segredos enterrados na alma obscura de Barcelona."


E porque faz parte do ritual que criei e adoro, aqui ficam as frases tiradas do livro:

" Sei lá eu! As pessoas complicam a vida, como se ela não fosse suficientemente complicada."


"(..) os acasos são cicatrizes do destino."


"(...) e à falta de palavras mordi a voz."


"(...) existimos enquanto alguém nos recorda."


"Os livros são espelhos: só se vê neles o que as pessoas têm dentro."


"Os presentes dão-se por prazer de quem oferece, não por mérito de quem recebe."


"O tempo ensinou-me a não perder as esperanças, mas a não confiar demasiado nelas."


" - Lembra-te do acordo que fizemos. Quando eu morrer, tudo o que é meu será teu... 

  - ... Menos os sonhos."

Alguém também já o leu? Opiniões? ;)

Boas leituras... e enviem-me os vossos livros também de preferência deste ano! :)

10 comentários:

  1. IDEIA FANTÁSTICA!
    Resumindo e concluindo é a minha opinião.
    Chamemos-lhe cemitério ou biblioteca, estes livros, certamente, nunca ficarão esquecidos. Graças a ti! :)
    Já li a "Sombra do vento" e o "Jogo do anjo" e não serão os únicos que lerei deste autor. Gostei bastante! Por um lado a temática é obviamente uma das minhas preferidas, por outro, o enredo e a forma de escrita também me agradam.
    Mas vou falar-te de outro livro, "um livro de amor aos livros", que acho que também irias apreciar. Não é um romance, não é uma novela, engloba questões técnicas de organização de bibliotecas (as nossas próprias bibliotecas), mas é muito interessante.
    Parece-me adequado falar dele agora. Repara em algumas das frases que se podem ler nele:
    "Depois do prazer de possuir livros, não há outro que seja mais doce do que falar sobre eles." Charles Nodier
    "Uns gostam de cavalos, outros de animais selvagens; eu, desde a infância, fui tomado pelo prodigioso desejo de adquirir, de possuir livros." Imperador Juliano
    "O livro é a materialização preciosa de uma emoção, ou da possibilidade de vir a sentir uma mais tarde, e separar-se dele implica o risco de uma privação grave." Jacques Bonnet
    "Em cada livro que se abre pela primeira vez há um efeito de "cofre arrombado." Jacques Bonnet
    "Os livros da minha biblioteca são como as casas antigas, têm em si o peso da presença de homens e mulheres que por eles passaram há muito tempo, com o seu quinhão de alegrias e sofrimentos, amores e ódios, surpresas e decepções, esperanças e resignações. Pensando bem, eu sempre vivi em velhas casas..." Jacques Bonnet.
    Sim, já deves estar a pensar mas afinal qual é o livro.
    "Bibliotecas cheias de fantasmas" de Jacques Bonnet. Eu tenho-o e empresto ;)
    E já agora um desafio:
    E os fantasmas quem são?... :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))))))
      Tita antes de responder ao teu desafio faço-te um, porque podes muito bem ser a primeira a contribuir com um livro sem ser meu, para o Cemitério e assim quebrares algumas vergonhas que possam existir desse lado!;) Tira uma foto ao livro, ou tira da net uma imagem e pode ser com este mesmo texto que escreves-te, que te parece? ;) E claro fiquei super curiosa com o livro.... ;) Cada frase iluminou o meu cérebro magicamente!!;)
      Agora a minha resposta: pessoas / leitores no seu mais intimo verdadeiro, que por lá passaram na biblioteca e tocaram os livros? :P
      Beijinhos!!:!)

      Eliminar
  2. Ahahahahahahah!
    Eu também pensei logo isso, acrescentando os inspiradores reais ou imaginários de cada uma das personagens.
    Mas não... ;)))
    O que seráááá??
    Pois é! A mim nunca me passaria pela cabeça...
    Segundo Jacques Bonnet e o Petit Larousse: "Fantasma: Folha ou cartão que se coloca no lugar de um livro, tirado de uma prateleira de biblioteca, que foi emprestado."
    E esta? Curioso não é?
    Bem, quanto teu desafio... Está aceite!
    Daqui a pouco terás notícias ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahah Pois que essa resposta nunca me passaria pela cabeça não!!!;)
      Fico a aguardar para publicar!!;)

      Eliminar
  3. Olá Luísa. Quando vi o nome do teu blogue num destaque noutro blogue percebi logo a inspiração... :)
    Posso dizer-te que desde que tive o meu primeiro filho nunca mais tinha lido um livro inteiro... já lá vão 7 anos. Durante a gravidez li um e acabou-se, não voltei a relacionar-me com uma história decente, como sempre fiz e a grande velocidade.
    Há coisa de meio ano recomecei a ler, na hora de almoço que é quando consigo. Ouvia falar do Zafón e queria muito ler. Até que numa ida á biblioteca lá estava O Jogo do Anjo a chamar por mim! :) Foi uma loucura, li aquelas 500 e muitas páginas em 2 semanas... Mas foi uma loucura... acho que inventei horas nos meus dias...
    Agora estou com a Sombra do Vento há uma semana, vou a meio... é muito, MUITO bom! Mas como é que alguém consegue escrever assim?!!!!...
    Uma maravilha!
    O melhor é que onde vi só se vendem livros nos CTT e o prisioneiro do Céu está lá á minha espera... E já tenho o Marina em fila de espera, que me emprestaram...
    Posto isto, é como se tivesse encontrado o próprio do cemitário com todos os livros do Zafon á minha espera...
    Votos de sucesso com o teu blogue!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá "ouvir dizer"! :) Fico muito contente pela visita e sobretudo pela partilha!!:) Espero que voltes mais vezes e que me deixes "guardar" aqui um ou mais dos teus livros... ;)
      Olha curiosamente aconteceu-me algo parecido com a gravidez... eu que sempre adorei ler e arranjei tempo onde ele não existe para ler, de repente na gravidez as letras pareciam não fazer sentido no meu cérebro, lia, mas não era com a mesma paixão... :( Meti de lado... a minha filha nasceu (primeira) e claro encontrar uma ordem nos dias que voam quando estamos com crianças em casa... de certeza que sabes como é! ;) Quando regressei ao trabalho, obriguei-me a levar de novo como fazia sempre um livro e depois de alguma insistência, voltei a ter o sabor mágico de devorar um livro! ;) E olha nunca mais parei de novo... e ainda mais tendo vindo viver para fra de Portugal há praticamente um ano... estes são imprescindíveis! ;)
      E faço a mesma pergunta... como é possível alguém escrever assim?? :) Fiquei mesmo fã!! Em Portugal tenho O Jogo do Anjo à minha espera e irei comprar O Prisioneiro do Céu, num desafio que fiz com uma Amiga, a mesma que me ofereceu A Sombra do Vento... se aguentares esperar até Agosto para o ler... quem sabe também possas também entrar no desafio? ;)
      Um grande beijinho e volta sempre!:)

      Eliminar
  4. " - Lembra-te do acordo que fizemos. Quando eu morrer, tudo o que é meu será teu...
    - ... Menos os sonhos." Adorei esta frase!
    Continuo a sentir-me tão toni por ter percebido que eras tu tão mais tarde. De qq maneira há um certo orgulho em perceber que te reconheci pela escrita e te ter dado o livro que inspirou esta ideia.
    Depois da Sombra do vento já li os Comedores de pérolas e agora ando novamente de volta do Murakami.
    Tb tenho alguns rituais de leitura, como por exemplo intercalar um autor estrangeiro com um português, etc, etc, etc.
    Prometo contribuir.
    Que boa ideia a tua!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) eheheheh Deixa lá que para mim vou sempre guardar o facto de me teres reconhecido pela escrita!;) Isso é muito bom!!!;) Mesmo que tenha levado mais tempo!!;)
      Boa, livros novos, partilha sim!!;) Não li nenhum dos dois e quanto ao Murakami, anda na minha lista de "um dia tenho de ler um livro deste senhor!" há mais tempo do que devia... Talvez na próxima temporada!!;)
      Gostei do teu ritual, e conheço mais gente que o tem, mas para mim é impensável ler dois livros ao mesmo tempo, entro de tal forma dentro do livro que o meu cérebro não tem mesmo capacidade para acompanhar outras vidas, mas cada vez mais estou a ficar fã de alternar com livros estrangeiros, ainda mais agora que descobri o espanhol e em breve vou comprar um!!;)
      Beijocas enormes!!!:) É muito bom ter-te aí desse lado!!;)

      Eliminar
  5. Afinal tb és Toni... ou pior eu não me soube explicar. Quando referi que intercalo autores portugueses com estrangeiros é entre livros, isto é, leio um português depois um estrangeiro, um português um estrangeiro. Já tentei ler dois ao mesmo tempo mas não corre bem. Além disso fico com a sensação estranha de estar a trair um ao agarrar no outro. Manias.

    ResponderEliminar
  6. Ahahahah!!!!:P Já percebo porque somos Amigas....lolol brincadeirinha é por mais motivos que este, mas acreditas que também eu fico com essa sensação de "traição" perante o livro? Parece que não estou a ler com atenção ao ler outro ao mesmo tempo!!:P
    E de facto sim, sou toni, pecebi mal!!:P lolol

    ResponderEliminar